01/11/2017 09:10:00

PARCERIA
Beto Richa reduz burocracia para convênios entre o Estado e municípios
Projeto de Lei é de autoria dos deputados Ademar Traiano e Plauto Miró


Beto Richa e Ademar Traiano (Foto: Assessoria)


Da Redação

Curitiba - O governador Beto Richa sancionou e transformou em Lei o Projeto nº 376/2017, de autoria dos deputados Ademar Traiano (PSDB) e Plauto Miró (DEM). A nova lei reduz a burocracia, facilitando asassinaturas de convênios entre o Estado e municípios. 

A nova legislação estabelece que as certidões negativas, que atualmente precisam ser apresentadas pelas prefeituras ao Governo do Estado em todas as fases dos convênios e financiamentos, somente serão exigidas na hora de firmar os convênios ou os aditivos. O sistema atual tem levado a incontáveis paralisações de obras importantes devido a interrupção da liberação de recursos pelo Estado.

Para Traiano, ao sancionar o projeto, o governador Beto Richa demonstrou grande sensibilidade para com um grave problema que atinge um grande número de municípios e leva a paralisação de obras importantes. “No curso da execução de obras, não é incomum que as prefeituras tenham alguma dificuldade de receber parcelas de financiamentos, devido à dificuldade de obter certidões negativas. O nosso projeto corrige isso. A certidão, a partir de agora, só será obrigatória no ato de assinatura do convênio e dos aditivos. Nos pagamentos não será exigida”.

Segundo o projeto, sancionado pelo governador nessa terça (31), a demonstração, por parte dos municípios, do cumprimento das exigências para a realização dos pagamentos do governo às prefeituras “dar-se-á exclusivamente no momento da assinatura do respectivo convênio, ou na assinatura dos correspondentes aditamentos de valor, e deverá ser feita por meia de apresentação, ao órgão concedente, de documentação comprobatória de regularidade”.

 

COMENTÁRIOS