02/08/2017 09:15:00

VIOLÊNCIA
Padrasto é preso após agredir enteada de um ano e meio no Boqueirão
Homem foi detido e agredido por vizinhos, populares e familiares até a chegada da polícia


A menina ficou por cerca de seis horas em observação na UPA do Batel (Foto: Arquivo/RSN)


Da Redação

Guarapuava – Um homem de 27 anos foi preso no início da noite dessa terça feira (1º) no bairro Boqueirão, em Guarapuava, após agredir a enteada, de apenas um ano e meio. A agressão ocorreu na Avenida Vereador Serafim Ribas e foi flagrada pela mãe da criança, que ao retornar para casa, às 18h25, percebeu que a filha havia sido agredida e apresentava diversos hematomas na face e nas costas.

O agressor conseguiu fugir de casa antes da chegada da PM, mas foi detido e agredido por vizinhos, populares e alguns familiares da criança. No momento da chegada da equipe policial, o autor estava contido no chão por populares e apresentava lesões e escoriações por diversos locais do corpo (face, tórax e pernas). As pessoas que estavam segurando o agressor se dispersaram com a chegada da polícia e ele recebeu voz de prisão, sendo encaminhado à 14ª SDP.

O SAMU foi acionado para prestar atendimento à menina, que foi encaminhada à UPA do Batel. Conforme declaração do médico que atendeu a criança, aparentemente não havia sinais de violência sexual, mas várias marcas de agressão na face, tórax e alguns sinais mais discretos nos braços e nas pernas. O Conselho Tutelar também foi acionado para acompanhar o caso.

A criança foi medicada e ficou em observação por cerca de seis horas na UPA, até ser liberada para ir para casa com a mãe. 

COMENTÁRIOS