05/01/2017 12:44:00

FALANDO MELHOR
Linhas de celular 4G superam as de 2G no Brasil pela 1ª vez em 2016
Além do 4G, a conexão M2M (machine-to-machine) também avançou em novembro



Da Redação, com Agência Brasil

São Paulo - O Brasil registrou aumento de quase um milhão de novas linhas de celular em novembro de 2016, segundo informações da Agência Nacional das Telecomunicações (Anatel) divulgadas nesta quarta-feira (04).

O acréscimo representa um suspiro para as operadoras, que amargaram um ano marcado por uma enorme redução em sua base de acessos móveis, e consolida o 4G como a segunda maior tecnologia da telefonia móvel, tanto que, em 2016, superou o 2G em número de linhas.

O Brasil fechou novembro com 248,4 milhões de linhas de celular, alta de 986 mil em relação a setembro. Do total de acessos, 124,5 milhões são 3G (50%), 56,1 milhões são 4G (22,6%) e 50,6 milhões são 2G (20,4%).

A adição de novas linhas em novembro é um ponto fora da curva em 2016, ano em que o Brasil acumulou queda de 8,8 milhões de acessos.

4G SUPERA 2G

O 4G foi a única tecnologia voltada a consumidores que ampliou o número de pontos de acesso em novembro. Foram quase 4 milhões de novos acessos.

Em 12 meses, registrou crescimento de 148%. A escalada culminou na ultrapassagem do 2G em outubro de 2016, até então a segunda tecnologia de comunicação mais usada do mais e que vive uma debandada de consumidores.

Nos 12 meses até novembro, o 2G perdeu 30,8% de seus acessos. O movimento também ocorre com o 3G, que perdeu 20,3% de seus acessos no mesmo período.

Além do 4G, a conexão M2M (machine-to-machine) também avançou em novembro. As duas categorias de comunicação registraram alta de 263 mil acessos no mês. Só que ela é usada para dar a máquinas a capacidade de enviar dados pela internet e suporta, por exemplo, a chamada Internet das Coisas.

 

COMENTÁRIOS