07/05/2017 15:08:00

MAMÃE CORUJA
Alunos trabalham com gestantes para fortalecer o vínculo afetivo com o bebê
Projeto é desenvolvido pelo curso de Psicologia da Faculdade Campo Real


Participantes do Mamãe Coruja (Foto: Divulgação)


Da Redação, com assessoria

Guarapuava - Acadêmicos do curso de Psicologia da Faculdade Campo Real prestam serviço à comunidade de Guarapuava e região.

O projeto Mamãe Coruja trabalha conceitos de empoderamento pessoal e feminino, com o objetivo de fortalecer o vínculo afetivo materno com o bebê, desde a gestação, além de oferecer aconselhamentos de saúde, emocionais e psicológicos para as mulheres durante o período gestacional.

Para a professora e coordenadora do curso de Psicologia, Ana Bela dos Santos, o interesse das Instituição e do curso é desenvolver temas de empoderamento, para que as mães possam se cuidar no período da gestação, antes do parto e também após o nascimento do filho.

As reuniões são semanais, com a duração de duas horas cada. As oficinas são temáticas e preparadas especialmente para o projeto.

A ação tem o acompanhamento da professora Ana Bela, como orientadora do Mamãe Coruja, orientadores acadêmicos e mais 10 monitores/acadêmicos que estarão desenvolvendo os encontros e orientando as mulheres. O Mamãe Coruja é idealizado pela acadêmica do sétimo período de Psicologia, Danielle Figueiredo.

O Projeto Mamãe Coruja também contribui para promover, por meio da audição/escuta de músicas clássicas, o desenvolvimento do processo cognitivo do bebê, estimular o vínculo materno por meio da voz da gestante por meio do canto, construir um repertório musical gestacional individual e, trabalhar medos e ansiedades da mãe através de relaxamentos corporais e audições musicais.

 

COMENTÁRIOS