07/03/2017 09:05:00

IMAGEM
'Às vezes o que eu vejo, quase ninguém vê'
A sensibilidade do jovem Marciano Kyryno Freitas sobre os funcionários da limpeza pública em Guarapuava


Marciano Kyryno Freitas/Marciano Fotografia


Jonas Laskouski

Guarapuava - A invisibilidade social existe sim, e um dos profissionais que mais sofrem com esse tipo de 'agressão', são os funcionários da limpeza pública, uma das profissões mais rejeitadas do Brasil.

Num momento de sensibilidade registrado em Guarapuava, o jovem Marciano Kyryno Freitas fez esse registro que você está tendo o prazer de ver em nossa Foto da Hora, desta terça feira (07). Ele compartilhou a imagem no grupo Guarapuava de Outro Ângulo, que no Facebook já conta com quase 3.000 membros e que mostra nossa cidade, como o nome já diz, sob diferentes perspectivas. 

Em sua postagem, Marciano escreveu: "Hoje resolvi publicar algo diferente... Parabenizar essas pessoas que quase ninguém vê.. os garis, os funcionários que cuidam da limpeza de nossa cidade. Se não fossem eles seria uma baderna. Parabéns!!!"

Realmente. Eles merecem nossa gratidão e, principalmente nossa atenção, respeito e educação. Experimente desejar um 'bom dia' ou 'boa tarde' para algum deles. Perceba o sorriso que começa a brotar quando eles se dão conta que alguém se deu conta que eles estão ali trabalhando por um dos maiores bens da cidade. 

É mágico, ;)

COMENTÁRIOS