09/05/2017 13:42:00

SEM LUZ
Comerciante reclama da falta de energia no Industrial, em Guarapuava
Em nota, Energisa comunica o rompimento de um cabo no sistema elétrico da empresa



Da Redação

Guarapuava - A falta de energia elétrica nesta terça (09), no Industrial Xarquinho, em Guarapuava, causa transtornos a comerciante da região. Luiz Antônio Vicentim, proprietário do Mercado Azul, na rua Juarez Martins Lustosa, conta que no sábado (06), a energia também foi interrompida, sem aviso prévio da concessionária responsável pela prestação do serviço.

Após contato com a RSN, a Energisa comunica em nota que a falta de energia se deu por conta do rompimento de um cabo no sistema elétrico e que afetou o sistema de distribuição da subestação de energia na Vila Carli, da Copel. 

De acordo com Vicentim, a interrupção de energia o fez ter prejuízos. "A gente 'tava' com uma fornada de pães assando e de repente, a energia caiu. Já faz mais de meia hora que estamos sem luz, e para o pão assar, não é só o forno. Tem um ventoinha elétrica, um motorzinho, que é ligado na tomada. Os pães começaram a baixar, é prejuízo. Os freezers onde ficam as carnes também desligaram, e o cliente que chega no açougue e pede carne, não tem como cortar porque a serra não funciona. A gente liga na empresa e eles não dizem nada".

Um morador do Núcleo Padre Chagas, em mensagem via Facebook, também questionou o desabastecimento. "Região próxima a rodoviária está sem energia eletrica há mais de 20 minutos. Tem alguma programação?"

A NOTA

"A Energisa informa que a falta de energia que atingiu parte dos clientes da empresa em Guarapuava, na manhã de hoje, 09/05, por volta das 8h40, foi causada pelo rompimento de um cabo no sistema elétrico da empresa e que afetou o sistema de distribuição da subestação de energia Vila Carli, da Copel.

Técnicos da empresa foram acionados e estão no local realizando os reparos para normalizar o fornecimento dos clientes ainda afeados. Grande parte dos clientes atingidos pelo desligamento tiveram o fornecimento normalizado por volta das 9h30. A empresa está investigando as causas desse rompimento.

A Energisa pede desculpas pelos transtornos causados e reafirma o seu compromisso de atuar para normalizar o fornecimento com rapidez e segurança."
 

 

 

 

COMENTÁRIOS