10/01/2017 09:54:00
Dono de carcaças de automóveis pede direito de resposta



Jonas Laskouski

Guarapuava - Na última quinta feira, 5 de janeiro, a Galeria do Leitor publicou a denúncia do leitor Kleber Kretschmer, morador da Vila Bela, sobre carcaças de automóveis deixadas na rua onde mora, de acordo com ele, pelo seu vizinho. Ainda segundo Kleber, as carcaças poderiam se tornar possíveis criadouros de Aedes aegypti, e daí a consequente preocupação. O denunciante nos enviou fotos que comprovam a situação.

O texto repercutiu, e o vizinho denunciado, Anderson Vulczak, entrou em contato com a RedeSul de Notícias e pediu direito de resposta, ao seu vizinho, em relação ao fato publicado. Seguem as explicações:

"À REDE SUL DE NOTÍCIAS

Prezados:

Venho por meio desta exercer meu direito de resposta em relação a reportagem da RedeSul de Notícias intitulada “Carcaças de automóveis estão se tornando possíveis criadouros de dengue”, publicada em 05/01/2017.

Eu, Anderson Vulczak, sou o dono das sucatas. Primeiramente, lamento profundamente que a matéria tenha sido publicada sem ter ouvido ambos os envolvidos. Não obstante, as informações passadas pelo denunciante são equivocadas. Tenho aproveitado o período de férias/final de ano para reorganizar o terreno e vender materiais que não tenho mais interesse, dentre os quais as sucatas.

Nesse sentido, esclareço o seguinte:

1) Nada há de ilegal em dispor tais objetos em frente ao terreno. Não há, nem nunca teve foco de mosquitos ou outro animal nestes materiais. Ratifico de que legalmente tais objetos podem ficar naquele local sem qualquer ônus por tempo indeterminado, se este fosse o caso.

2) O denunciante tem feito difamações sobre mim em rede social. Em seu post há comentários de injúria e ameaça sobre o fato. Nesse sentido, no fulcro da legislação vigente no país, tudo foi devidamente arquivado e preservado, a justiça acionada e Boletim de Ocorrência realizado.

3) Os objetos foram retirados do terreno para a frente do mesmo em função de terem sido vendidos no final de 2016 e aguardam a retirada. Após recesso de final de ano, a programação da empresa detentora do guincho é de retirada nos próximos dias.

Acredito que, sempre, em qualquer situação, é muito melhor o diálogo, o consenso e o respeito aos direitos do cidadão, do que qualquer outro tipo de ruptura ao convívio pacífico em detrimento de desejos individuais.

Atenciosamente,

Anderson Vulczak"

A RedeSul de Notícias reitera o fato de que a Galeria do Leitor é um espaço DO leitor, para sugestões, denúncias, desaparecimento de animais, críticas e reclamações. 

 

 

COMENTÁRIOS