10/01/2017 07:32:00

FANTASMAS
Gaeco denuncia Edony, Marcio, Celso e dez servidores por organização criminosa
De acordo com Gaeco, grupo fazia contratações irregulares de funcionários, que recebiam sem prestar serviços à Câmara


Segundo Gaeco, Celso, Edony e Marcia nomearam funcionários


Da Redação, com assessoria MP

Guarapuava - O Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Guarapuava do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) ofereceu denúncia contra dez pessoas por organização criminosa. Entre os denunciados estão os vereadores reeleitos Marcio Carneiro e Celso Costa e o ex-vereador e presidente da Câmara, Edony Kluber.

De acordo com as investigações do Gaeco, os denunciados constituíram organização criminosa - que atuou do início de 2013 até março de 2016 - com o intuito de desviar verbas públicas. O grupo fazia contratações de funcionários “fantasmas”, que eram nomeados e recebiam vencimentos sem prestar serviços à Câmara. Outros servidores eram desviados de suas funções para trabalharem como cabos eleitorais, deixando de prestar serviços à Câmara para se dedicarem a interesses particulares dos vereadores integrantes do grupo.

Além disso, a organização criou um esquema de favorecimento ilícito de eleitores em diversos órgãos da administração municipal, especialmente nos setores de obras e de saúde. Apurou-se que o grupo conseguia burlar as filas de espera do Sistema Único de Saúde, fazendo o adiantamento indevido de consultas, exames e cirurgias em favor de seus eleitores.

Os réus foram denunciados com base no artigo 2º da Lei 12.850/2013 (“Lei das Organizações Criminosas”), com previsão de pena de três a oito anos de reclusão e multa.

COMENTÁRIOS