10/07/2017 17:15:00

É CAMPEÃO
Atletinha guarapuavano é ouro no Mundial de Jiu-Jitsu
Outros quatro atletas também foram destaques em suas categorias. Thiago Marcondes Borgo também foi ouro na sua categoria


Pedro foi campeão na categoria Infanto Juvenil A (Foto: Divulgação)


Bárbara Franco 

Guarapuava - Com apenas 13 anos, Pedro Henrique Fernandes é uma promessa do Jiu-Jitsu guarapuavano. Apesar da pouca idade, o menino tem uma extensa bagagem de conquistas, com 21 medalhas conquistadas no Paranaense, duas no Brasileiro (prata em 2016 e ouro em 2017, duas no Mundial - sendo uma de bronze conquistada no ano passado (2016) e a última delas foi a medalha de ouro no Mundial de Jiu-Jitsu 2017, que aconteceu no último final de semana no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo.

O guarapuavano disputou duas lutas na competição. Na primeira, Pedro não deu chances para seu adversário e finalizou a luta em 30 segundos com um arm-lock em pé, golpe no qual o lutador pega o braço do adversário e coloca-o entre suas pernas, ficando com o punho dele seguro por suas mãos, no centro de seu próprio peito, dominando-o com o polegar do adversário apontado para cima. O atletinha ganhou a luta por finalização e conquistou cinco pontos.

Já na segunda luta, Pedro encarou seu principal adversário, Patrick Pitbull. Numa luta difícil e acirrada, o guarapuavano conseguiu cinco pontos de vantagem e venceu Patrick por nove pontos.

O Mundial é um dos campeonatos mais almejados pelo lutadores de todo o mundo, e poucos conseguem conquistar o ouro, mas Pedro foi um deles. “Estou muito feliz com a conquista, esta era a medalha mais esperada. Ano passado bati na trave e fiquei com o bronze, mas este ano trouxe o ouro”.

Pedro é o primeiro guarapuavano e paranaense a conquistar o Mundial na sua categoria, a Infanto Juvenil A.

TREINOS INTENSOS

Pedro treina quatro horas por dia entre musculação, jiu-jitsu e judô, mas só isso não basta. O guarapuavano pratica ainda corrida três vezes por semana, para manter a resistência e a parte cardio em dia. Mas não pense que o menino não tem tempo para estudar e descansar. Os pais de  Pedro, Wilson Fernandes e Daya Fernandes, garantem que ele consegue administrar tudo muito bem. “ O Pedro vai para escola na parte da manhã e durante a tarde ele se dedica aos treinos e ainda tem tempo para descansar e fazer suas lições da escola”, afirma Daya.

Os treinos não param, pois Pedro irá disputar o Paranaense neste final de semana em Londrina e em outubro irá para o Campeonato Latino Americano em Assunção, no Paraguai.

QUE TAL DAR UMA FORCINHA?

Apesar de ser um “grande” campeão, o atleta é bancado apenas por seus pais para poder competir. Os gastos para poder se deslocar até os locais dos campeonatos são grandes. Quem tiver interesse em ajudar nas despesas do atleta, como viagens, pode entrar em contato com a RedeSul de Notícias pelo telefone (42) 3626-4157 ou (42) 9.9858-6582.

MAIS GUARAPUAVANOS SÃO DESTAQUES EM SUAS CATEGORIAS

Outros quatro atletas da cidade também subiram ao pódio. Thiago Marcondes Borgo também foi ouro na sua categoria. Jhonathan Machado foi vice-campeão mundial. Vitor Gabriel Kramer e Lucas Marconato ficaram com a terceira colocação.

                                                                                   

Para o treinador da equipe, Cristiano Cubas, estas conquistas são frutos de um intenso trabalho. “Treinamos forte e sempre incentivo meus alunos, acreditar sempre, desistir nunca. É muito gratificante ver nossos atletas indo tão longe e sendo reconhecidos em grandes competições”, destacou Cristiano Cubas.

                                                    

 

                                                       

COMENTÁRIOS