12/05/2017 11:37:00


Papa viaja ao santuário de Fátima para canonizar pastorinhos
Celebração acontece no centenário das aparições da Virgem a crianças portuguesas


Papa Francisco (Foto: Max Rossi/Reuters)


Do site da Veja

O papa Francisco viajou nesta sexta (12), às 14h (9h de Brasília) para o santuário de Fátima, em Portugal, onde permanecerá até sábado para participar do centenário das aparições da Virgem aos pastorinhos e canonizar dois deles, os irmãos Jacinta e Francisco Marto.

O pontífice ficará poucas horas no santuário de Fátima e não haverá visitas oficiais a Lisboa, nem discursos com autoridades. Na ocasião, fará uma oração, dois cumprimentos aos fiéis e uma homilia, que serão lidos em português pelo papa.

Ele chegará na base aérea de Monte Real e lá mesmo terá um encontro privado com o presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, onde acontecerá a tradicional troca de presentes. Francisco será o terceiro pontífice a aterrissar nesta base lusa, depois de Paulo VI e João Paulo II, em 1967 e 1991, respectivamente. De helicóptero, em um voo de 20 minutos, o Papa vai ao estádio de futebol de Fátima e depois recorrerá cerca de três quilômetros no papamóvel até chegar ao santuário.

RECEPÇÃO

Sua primeira parada será na capela, construída no local onde os três pastorinhos Jacinta, Francisco e Lucia testemunharam aparições da Virgem. Lá será recepcionado por mil crianças e pelo reitor do santuário, Carlos Cabecinhas. Francisco pronunciará uma oração dedicada à Virgem e dará a bênção aos fiéis.

Por volta das 21h (horário local, 17h de Brasília) participará da celebração da bênção das velas e antes da oração do rosário dedicará algumas palavras aos fiéis, realizando seu segundo discurso.

Já no sábado, o pontífice argentino se reunirá com o primeiro-ministro, António Costa, que irá visitá-lo na Casa de Nossa Senhora do Carmo, onde Francisco passará a noite, como fizeram seus antecessores quando visitaram Fátima. Depois segue para a Basílica de Nossa Senhora do Rosário, onde fará uma oração no túmulo de Francisco e Jacinta, que morreram com 9 e 10 anos, respectivamente.

Além disso, Francisco celebrará uma missa no Santuário onde vai canonizar os dois irmãos, que se converterão nos primeiros meninos santos por terem feito um milagre e não por serem considerados mártires. Após almoçar com bispos portugueses, retornará para o santuário em um último percurso no “papamóvel” entre os fiéis e depois segue para aeroporto de onde retornará a Roma.

(Com EFE)

COMENTÁRIOS