13/09/2017 17:24:00

LAVA JATO
Depoimento de Lula a Sergio Moro dura pouco mais de duas horas
Lula discursa em palanque na Praça Generoso Marques no início da noite


(Foto: Site do PT nacional)


Da Redação

Curitiba – Foram poucos mais de duas horas de depoimento na sede da Polícia Federal, em Curitiba, quando o ex-presidente Lula, mais uma vez, ficou frente a frente com o juiz Sergio Moro. Na primeira udiência foram mais de cinco horas entre perguntas e respostas.

A audiência desta quarta (13) está ligada a suspeitas da participação de Lula em um esquema de corrupção envolvendo oito contratos entre a empreiteira Odebrecht e a Petrobras. Era por volta das 16h45quando Lula respondeu a última pergunta. De acordo com a Agência Estado, no final, ele perguntou a Moro se teria um juiz imparcial no julgamento. "Eu nem precisava responder a essa pergunta, mas a resposta é sim", disse o juiz. De acordo com informações da imprensa estadual, Lula deixou de responder algumas perguntas e chegou a dizer que não tem raiva de Palocci, ex-ministro do seu governo. “Eu tenho pena dele", afirmou.

Com vem dizendo na imprensa, Lula repetiu que o objetivo do Ministério Público Federal é incriminá-lo.

O conteúdo do depoimento ainda não foi divulgado. Isso acontecerá somente depois que a Justiça Federal publicar o termo de audiência.

A presença do ex-presidente Lula movimentou Curitiba, com manifestações pró e contra. No início da tarde, Lula chegou à Polícia Federal ao som de palavras de ordem como "Lula, guerreiro do povo brasileiro", Fora Temer.

Informações da Rede Brasil Atual dizem que militantes petistas subiram a hashtag #TôComLula no Twitter. Até as 13h05, a expressão estava em primeiro lugar entre os assuntos mais mencionados no Twitter nacional e ocupava a quarta colocação entre os Trending Topics do mundo, entre tuítes positivos e negativos.

No começo da noite, Lula discursa no palanque montado na Praça Generoso Marques, no Centro de Curitiba.

COMENTÁRIOS