14/12/2016 14:06:00

EMOÇÃO
Alan Ruschel e Rafael Henzel estão de volta a Chapecó
Dois dos sobreviventes da tragédia na Colômbia desembarcaram na cidade na noite de terça e seguiram para o hospital


Ruschel chegando a hospital de Chapecó (Foto: Marcio Cunha/Estadão Conteúdo)


Do site da Veja

Chapecó - A cidade da Chapecó recebeu na noite desta terça (13) o retorno dos dois primeiros sobreviventes do desastre aéreo com a delegação da Chapecoense, na Colômbia. Por volta das 21h30, o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel chegaram ao aeroporto do município catarinense a bordo do jato Legacy da Força Aérea Brasileira após mais de nove horas de deslocamento. Lágrimas dos parentes e a alegria da torcida pelas ruas da cidade traduziram o tom vitorioso da volta da dupla.

Logo depois do pouso e ainda no avião, Henzel se reencontrou o seu filho Otávio, de 11 anos. Na UTI móvel que saiu de Medellín por volta das 11h40, parou em Manaus, depois Brasília e chegou em Chapecó, a equipe médica admitiu ter ficado emocionada. “Eram vários profissionais médicos e muitos militares a bordo. Todos se seguraram para não chorar ao ver o encontro do Rafael com o filho dele. Durante toda a viagem o Rafael esperou por esse momento”, contou o médico Luiz Edgar Tolini, diretor Departamento de Atenção Hospitalar e de Urgência do Ministério da Saúde.

Duas ambulâncias entraram na pista do aeroporto para fazer o transporte da dupla ao hospital. Henzel deixou a aeronave de boné vermelho, camisa do Atlético Nacional, e tentou acenar para os jornalistas e torcedores que estavam no aeroporto.

Cerca de 50 torcedores da Chapecoense aguardavam no hospital a chegada de veículos com os feridos. Aos gritos de “guerreiros” e “Vamos, Chape” as ambulâncias subiram lentamente a rampa de acesso do centro médico e fizeram parte do grupo abrir espaço para o desembarque.

Os dois seguirão internados no hospital nos próximos dias. Os médicos do clube optaram por transferi-los à cidade catarinense para que possam ter contato com a família e receber os cuidados seguintes perto de casa. Outro sobrevivente brasileiro do desastre, o goleiro Follmann, está internado em São Paulo. Já o zagueiro Neto, deve voltar para Chapecó ainda nesta semana.

(Com Estadão Conteúdo)

COMENTÁRIOS







Pela Web