17/03/2017 17:13:00

EM GUARAPUAVA
Rossoni: "Professor fora de sala é professor que terá desconto em folha"
Chefe da Casa Civil visitou obras do Hospital Regional e se reuniu com prefeitos da região


(Foto: Rogério Thomas)


Da Redação

Guarapuava - O secretário chefe da Casa Civil do Governo do Paraná, deputado federal Valdir Rossoni, visitou as obras do Hospital Regional de Guarapuava na tarde desta sexta feira (17). De acordo com Rossoni, a intenção do Governo do Estado é deixar a obra concluída e aparelhada até o final de 2018. “É uma obra de R$ 50 milhões e que está com 30% concluída. A meta do Governo do Paraná é deixar ela concluída e aparelhada, pronta pra ser utilizada pela população da região, até o final de 2018”, enfatizou.

Rossoni aproveitou a visita em Guarapuava e realizou uma reunião de trabalho com prefeitos da região. “É uma oportunidade que temos para tratar de forma mais direta e tranquila os assuntos de cada município. A rotina em Curitiba é muito agitada e lá,muitas vezes, não conseguimos dar a devida atenção aos prefeitos. De forma descentralizada, os trabalhos são mais produtivos”, destacou.

POLÊMICA

Com relação à greve dos professores, onde Rossoni é o interlocutor do Governo do Paraná nas negociações com a APP-Sindicato, ele reafirmou que os dias parados serão descontados dos grevistas. “Professor fora de sala de aula é professor que terá o desconto dos dias parados. Nós estamos buscando ampliar a discussão com um maior número de professores possível, pois a APP-Sindicato tem interesses  políticos diretos nessa negociação e muitas vezes os interesses da classe são deixados de lado para que os interesses políticos se sobreponham. Nós precisamos oxigenar essas discussões, com um maior número de professores participando. No momento, não há como discutir aumento de salário.O País inteiro está em crise e muitos estados estão quebrados. Mas o Paraná assegura o pagamento em dia e as condições de trabalho para os seus profissionais”, concluiu Rossoni.

O chefe da Casa Civil esteve acompanhado pelo deputado estadual Bernardo Carli e pela vereadora Maria José.

COMENTÁRIOS