17/05/2017 15:19:00

FOZ DO IGUAÇU
Tribunal do Júri condena a 8 anos de prisão acusado de crimes de homicídio no trânsito
Decisão visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito


(Foto: Ilustrativa)


Da Redação, com assessoria MP

Foz do Iguaçu - O Tribunal do Júri de Foz do Iguaçu condenou a oito anos, um mês e seis dias de prisão um homem acusado de cometer dois crimes de homicídio no trânsito (um consumado e outro tentado). A decisão, proferida nessa terça feira (16), ocorre no mês dedicado à campanha “Maio Amarelo”, que visa chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

O CRIME

Na madrugada do dia 5 de março de 2016, o réu colidiu contra uma motocicleta, provocando a morte do condutor. A passageira, uma mulher grávida de 39 semanas, sofreu aceleração do parto e foi submetida à amputação da perna esquerda. De acordo com apuração da Promotoria de Justiça, que atuou na acusação, após a colisão, o acusado teria apenas recolhido peças do veículo que se soltaram, evadindo-se do local sem prestar socorro às vítimas, tendo sido localizado posteriormente pela Polícia Militar.

Na decisão, os jurados levaram em consideração que o crime foi cometido enquanto o acusado cumpria o benefício de suspensão condicional de processo anterior que respondia por dirigir sob efeito de álcool seis meses antes do fato.

Além dos crimes de homicídio, o Conselho de Sentença, em sessão que teve duração de cinco horas, também condenou o réu a sete meses de detenção pela prática dos crimes de omissão de socorro e de “se afastar do local do acidente, para fugir à responsabilidade penal ou civil que lhe possa ser atribuída”, ambos previstos no Código de Trânsito Brasileiro.

COMENTÁRIOS