17/08/2017 16:01:00
O PSDB errou!
Na base da 'mea culpa'


(Foto: Reprodução vermelho.org)


A julgar pelas inserções que o tucanato está mostrando na televisão, o programa do PSDB, nesta quinta (17), será à base da "mea culpa". Aprovamos isso, e erramos; defendemos aquilo, e erramos. E por aí vai. Uma boa estratégia de marketing num momento em que o povo brasileiro está “ pelas tampas” com tanto malabarismo para se fugir de culpas.

Porém, já na primeira veiculação, o teaser, que teve as benções do tucano-mor Tarso Jereissati, mostrou a fissura que existe no “ninho tucano”. Os favoráveis a Temer – os que votaram contra o recebimento da denúncia contra o presidente – vestiram a carapuça e temem que as cobranças nos seus respectivos Estados aumentem ainda mais. Entretanto, os que não fazem parte da ala governista, aquela que defende governo, comemora.

Mas não é apenas isso: os acertos também ganham destaque: o Bolsa Escola, que foi o embrião para o Bolsa Família, a Lei de Responsabilidade Fiscal e a criação do Plano Real, vedete do PSDB. E vai além ao afirmar que o sistema presidencialista está falido. É a brecha para que os tucanos defendam a implantação do parlamentarismo no país. Aliás, essa é a tese que o PSDB defende desde a criação da sigla.

 

 

 

Sobre o Autor

Cristina Esteche é jornalista, publicitária e fundadora da Rede Sul de Notícias.