18/04/2017 16:53:00

ESPORTE
Pai e filho extravazam sob duas rodas
Empresário e estudante esquecem da rotina fazendo trilhas


Abel Fernandes e Danilo Zanardini Fernandes (Foto: RSN)


Cristina Esteche

Guarapuava - O que começou como brincadeira para acompanhar os amigos, acabou se tornando um vício alimentado aos finais de semana e qualquer outro feriado. Sentir o vento no rosto, enfrentar os obstáculos que encontra pelas trilhas no vale do Jordão, em Guarapuava está sendo o passatempo preferido do empresário Abel Fernandes, 45 anos. E ele não vai sozinho. Leva junto o filho Danilo Zanardini Fernandes, 16 anos, que já aderiu ao esporte.

“Eu sou trilheiro há mais de dez anos quando fui convidado por amigos e de lá para cá se tornou um vício”.

Danilo aderiu às trilhas há dois anos. “A gente vem aqui no Jordão ou vai para a região do Entre Rios”.

O percurso nem mesmo eles sabem, mas a tarde é reservada para o contato com a natureza. “Saímos de casa por volta das 13h30 e só voltamos lá pelas 18h”, diz Abel.

Segundo o trilheiro, não existe nada melhor do que andar em meio à mata, na natureza. “Vemos rios, cascatas, árvores, subimos e descemos serras. Num dia você encontra um obstáculo, em outro você consegue superá-lo".

Se os desafios são o que atraem Abel, para o jovem Danilo o que o motiva a subir numa moto é a adrenalina.

“Não existe nada melhor do que sentir a sensação de estar numa moto, de sentir a liberdade com o vento batendo no rosto”.

COMENTÁRIOS