19/05/2017 13:03:00

NA CIDADE
Artagão Júnior cumpre agenda em Guarapuava
Acig, NRE, Procon e Hemocentro foram os locais visitados


Artagão Jr. e Rudival Kasczuk, na Acig (Foto: Divulgação)


Da Redação, com assessoria

Guarapuava - O secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, deputado Artagão Júnior, cumpriu agenda em Guarapuava. Inicialmente, visitou o Núcleo Regional de Educação (NRE), onde esteve com o chefe Marlon Douglas Pires e demais servidores.

Logo após, em reunião com o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), Rudival Kasczuk, na quinta (18), foi discutido o atual cenário econômico, oportunidade em que o deputado também se inteirou das demandas do setor.

"Colocamo-nos à disposição da Acig para que possamos caminhar juntos e continuar promovendo o desenvolvimento local", disse Artagão Júnior, que também ressaltou a retomada da geração de empregos no Paraná. Pelo quarto mês consecutivo, o Estado registrou resultado positivo no emprego formal, com um saldo de 6.742 empregos em abril, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na última terça (16) pelo Ministério do Trabalho. Com isso, o Paraná fechou o quadrimestre com saldo (diferença entre contratações e demissões) positivo de 22.803 vagas.

No Procon, Artagão Júnior esteve com o coordenador Paulo Lima e demais funcionários, oportunidade em que conheceu melhor a estrutura . Somente no ano passado o Procon de Guarapuava fez 8.600 atendimentos. O coordenador falou da demanda por equipamentos e digitalização dos processos. “Se os processos fossem eletrônicos, economizaríamos espaço e tempo”, ressaltou Paulo.

Já na visita ao Hemocentro, Artagão conversou com o diretor Fernando Guiné e demais funcionários, que relataram a movimentação do Centro e da média dos atendimentos. “Temos uma movimentação constante. A média mensal é de 600 bolsas de sangue coletadas e 300 transfusões”, explicou Guiné. Ainda pediu intervenção para que a estrutura seja ampliada, uma vez que, com a chegada do Hospital Regional e com a possível implantação do hospital do câncer, a demanda tende a aumentar.   

COMENTÁRIOS