25/04/2017 10:24:00

TENSÃO
Coreia do Norte desafia


Damir Sagolj/Reuters


Do site da Veja

O governo da Coreia do Norte realizou nesta terça (25) um grande exercício militar com fogo real nas proximidades da cidade de Wonsan, coincidindo com o 85º aniversário da fundação de seu exército. As informações foram dadas por fontes do governo da Coreia do Sul à agência de notícias Yonhap.

O líder norte-coreano Kim Jong-un, presente nas manobras, teria testado artilharia de longo alcance. O exercício militar norte-coreano acontece num momento de crescente tensão na região. Nesta segunda, o governo dos Estados Unidos enviou o submarino nuclear USS Michigan para o litoral da Coreia do Sul. De acordo com a rede de notícias americana CNN, a embarcação deve passar pelo porto da cidade sul-coreana de Busan nesta terça.

A manobra é mais uma demonstração de força do presidente americano Donald Trump, com o objetivo de intimidar o ditador norte-coreano, que afirmou que reforçará suas “medidas nucleares de autodefesa” perante o envio do porta-aviões americano USS Carl Vinson para perto de seu território.

Preocupações aumentaram nas últimas semanas de que a Coreia do Norte conduziria um outro teste nuclear ou um lançamento de um míssil de longa distância em desafio às sanções da ONU, talvez na data comemorativa desta terça.

O governo norte-coreano disse na segunda que reforçará suas “medidas nucleares de auto-defesa”, após a ordem de Washington de enviar para a península coreana o porta-aviões Carl Vinson, em resposta ao lançamento de um míssil norte-coreano no início do mês.

As forças armadas da Coreia do Norte “responderão com golpes mortais” e resistirão “qualquer tentativa de guerra total com um ataque nuclear sem piedade”, disse o regime.

(com agência EFE e Reuters)

COMENTÁRIOS