29/07/2016 13:49:00
O PDT e Guarapuava!



As eleições municipais deste ano são apenas uma alavanca para o pleito que acontecerá daqui a dois anos, na esfera estadual e federal. Nesse cenário, vamos nos ater a Guarapuava. Ainda no período de filiações e trocas de partidos, o PDT, capitaneado pelo ex-senador Osmar Dias no Paraná, atraiu para o seu quadro dois secretários municipais e um vereador. Celso Góes e Itacir Vezzaro, secretários exonerados por causa da campanha, pleiteiam a indicação de vice na chapa que terá o prefeito Cesar Silvestri Filho (PPS), como candidato à reeleição.

Guarapuava, como todos sabem, é o quarto colégio eleitoral do Paraná, com cerca de 100 mil eleitores – perdeu 20 mil no recadastramento biométrico. Portanto, cidade estratégica para qualquer candidato a deputado, senador ou governador. E Osmar Dias sabe muito bem disso. De olho, o ex-senador atraiu para o PDT pessoas chaves do grupo de Cesar Filho e reivindica para si a indicação do vice prefeito, sob a perspectiva de que daqui dois anos, Cesar Filho, uma vez reeleito, poderá ser candidato a deputado estadual ou federal, com projeções de eleger-se. Assim sendo, o vice prefeito assume a Prefeitura e o PDT fica no comando.

Se isso realmente acontecer, fica bom para os dois lados: o PDT vai gerir um município importante no cenário estadual, somando dividendos eleitorais que poderão contribuir com a eleição de 2018, enquanto Cesar Filho terá como seu possível substituto uma pessoa do seu próprio grupo, ou seja, de sua extrema confiança. 

COMENTÁRIOS



Sobre o Blog

Cristina Esteche é jornalista, publicitária e fundadora da Rede Sul de Notícias.