30/06/2015 16:16:00

Precisamos falar sobre a Seleção

No último sábado (27) a Seleção Brasileira de Futebol sofreu mais uma eliminação vexatória, dessa vez para o Paraguai na Copa América. Ao que tudo indica, os torcedores brasileiros que se acostumaram a ver a seleção brilhar e encantar terão que se acostumar cada vez mais com um time bastante limitado, vítima fácil para as grandes equipes do futebol mundial e até mesmo para nossos grandes fregueses sulamericanos.

Aparentemente, o grito de socorro que aconteceu na última Copa do Mundo com aquele estrondoso 10 a 1 ( 7 a 1 para a Alemanha e 3 a 0 para a Holanda) foi inaudível para muitos, que ainda acreditavam que um tombo tão grande veio apenas de um tropeço sem maiores consequências.

Mas o buraco é mais embaixo e o tombo foi muito feio, tanto que até agora não conseguimos nos recuperar e a expectativa é que permaneçamos no chão por mais algum tempo. Isso porque a situação do futebol brasileiro é complicada em todos os ambitos, enquanto nossos vizinhos sulamericanos passam por um momento bom.

A coisa toda começa a degringolar de cima para baixo, com a situação econômica do país que não permite com que os clubes brasileiros possam desenvolver-se e assim termos um Brasileirão forte e principalmente com a escancarada corrupção na Fifa e na CBF.

Se na entidade máxima do futebol o FBI vem promovendo um verdadeiro tratoraço expondo toda a sujeira jogada embaixo do tapete durante anos, na CBF o processo é mais lento, mesmo havendo suspeitas e indícios de irregularidade há anos. A nova CPI do Futebol que deve ser encabeçada por Romário pode mudar um pouco esse panorama, contudo, a comissão deve ser formada somente em agosto.

Já dentro de campo os problemas começam pelo banco de reservas com o técnico Dunga. Confesso que esperava um Dunga diferente depois da primeira passagem dele pela Seleção, talvez com mais trato com a imprensa e com novidades vindas de anos de estudo enquanto estava desempregado, porém, o comandante do tetra continua mesmo.

Sendo assim, trazer a mesma figura que já foi sinônimo de fracasso no passado não parece trazer muitas expectativas boas para o futuro.  Além do mais o estilo de Dunga nunca agradou a torcida brasileira, que não gosta desta forma de se jogar futebol que mais prima pela vontade, marcação e organização tática do que pela técnica e futebol ofensivo.

É bem verdade que talvez o estilo Dunga seja o mais adequado atualmente, já que parecemos estar um pouco atrás tecnicamente do que outras equipes tops do futebol mundial. Porém, também é fato que essa forma de jogar e o próprio técnico da Seleção não expiram confiança nem na torcida e nem dos jogadores, que parecem desorientados e sem comando no campo.

Os jogadores atuais da seleção também são um ponto bastante contestável.  Não precisa entender muito de futebol para saber que Jefferson, Fred, Firmino, Douglas Costa,  não são jogadores para a Seleção. Some-se a isso ainda os maus momentos protagonizados por aqueles jogadores com um pouco a mais de qualidade como Thiago Silva, David Luiz e outros, juntamente com a ausência de Neymar e o resultado é um cenário devastador.

Mas ai você me pergunta, existem outros jogadores que podem atuar na Seleção? A resposta é sim, de fato não temos uma grande geração (talvez seja a pior de muitos anos) mas o grande barato do Brasil é que existe e sempre existirá muitos jogadores por aqui, que podem sim representar melhor a nossa Seleção.

É o caso das novas joias do Santos ,que em breve podem chegar a Seleção, ou os meninos das Seleções Sub-20 e Sub -17 que vem mostrando algum brilho nas competições internacionais. Optar por jogadores mais experientes, mas que notoriamente têm um grande diferencial como: Ronaldinho Gaúcho e Káká também pode ser uma escolha interessante. Outra alternativa bastante utilizada por outras seleções e jamais cogitada em nosso país é a naturalização de jogadores estrangeiros. Luccas Pratto, do Atlético-Mg, é um bom exemplo dessa nova geração de jogadores de fora que fazem sucesso em nosso país e podem se naturalizar.

COMENTÁRIOS







WHATSAPP: (42) 9858-6582
Envie flagras, denúncias, avisos e outros.

RedeSul de Notícias - Todos os Direitos Reservados
Permitida a reprodução de reportagens, desde que citada a fonte.

SERVIÇOS

Anuncie Expediente Telefones úteis Sugestões de Pauta Fale Conosco

EDITORIAS

AgroComunidadeCulturaEconomiaEducaçãoEsporte/LazerGeralObituárioPolíticaSaúdeSegurança/Justiça