30/12/2015 21:27:00
2016 e o pé de manjericão



Final de ano logicamente pede reavaliações e estabelecimento de metas na busca de evolução e felicidade para a próxima fase que irá iniciar. O meu vício por cadernetas não me deixa lembrar ao certo há quantos anos consecutivos eu faço este exercício.

Então fiquei pensando durante dias em escrever algo que envolvesse a reflexão sobre aprendizados, amor, gratidão e todas essas coisas que permeiam momentos festivos e de transição de anos.

Mas hoje, um reencontro com amigas de infância que não via há muito tempo transcendeu qualquer tentativa de racionalizar o indescritível. Foi um dos melhores momentos do meu ano, porque me trouxe memórias de um tempo de pré-adolescência, em que as decepções e lutas, que a vida adulta nos faz carregar, não estavam sobre os meus ombros.

Em cada palavra da conversa eu vibrava ao reconhecer que a essência de cada uma permanecia intacta e meu coração gritava: "Isso aí, menina! É essa amiga que eu conheço".  As amizades verdadeiras nos dão mesmo esta certeza de que o tempo para no momento em que estamos longe e que as informações são apenas atualizadas com uma intimidade muito natural, como se tivéssemos nos visto na semana passada.

Daí surgiu o meu texto de felicidade. Aquela que acontece nos instantes em que não estamos pensando sobre ela: no riso descontrolado lembrando de algo ridículo do passado, no abraço cheio de saudade, no café compartilhado, no olhar emocionado, no sentimento de pertencimento e identificação com pessoas tão íntegras, na melhor escolha que poderíamos ter feito na vida, mesmo que intuitivamente e muito cedo, compartilhando o caminho com gente de bem e de alma gigante.

No sorteio ganhei uma muda de manjericão. Sinal que serei a responsável por incentivar e organizar o encontro do próximo ano. E nos próximos 365 dias eu tenho certeza que irei cultivar esta planta super aromática junto com o sentimento de que vale a pena ter esperança em dias sempre melhores, cheios de alegria e partilha incondicional.

É isso aí. Super simples, mas produndamente forte. Que 2016 traga mais encontros de amor, bom humor e leveza, a pura felicidade!

Muita gratidão!

 

*Dedicado às amigas de mais de 20 anos da Legião de Maria. Amo vocês! <3

COMENTÁRIOS