31/08/2017 14:53:00

TURISMO
Bem perto daqui, Carambeí te espera
Fundada por holandeses, a cidade ainda conserva os traços da época colonial


(Foto: Divulgação)


Cristina Esteche

Carambeí - Apenas 177 quilômetros separam Guarapuava de um pedacinho da Holanda. Com cerca de 22 mil habitantes, segundo estimativa de 2016, Carambeí oferece atrações turísticas presentes no patrimônio material e material do município que permitem uma imersão numa cultura secular.

Ir a Carambeí é ficar sabendo da contribuição que os primeiros imigrantes trouxeram e que permitiram, por exemplo, a melhoria genética da bovinocultura leiteira.

Com um povo que trouxe a herança da religiosidade, uma das bases da formação de sua gente, Carambeí nasceu a partir de uma fazenda, parada obrigatória no Caminho do Viamão entre a região Centro-Oeste do Rio Grande do Sul e o Estado de São Paulo. Fundada em 4 de abril de 1911 por um grupo de imigrantes holandeses, a cidade desenvolveu-se a partir da Cooperativa Batavo.

Toda essa história está retratada em réplicas arquitetônicas na Vila Histórica, que preserva o vilarejo da nostálgica Colônia Carambehy, trazendo o passado dos anos de 1911 e 1950 ao momento presente. A igrejinha, monjoulo, roda d´água, jardins, a ferrovia, são parte do passaporte que conduz a uma viagem ao tempo. As primeiras casas ainda conservam, não só a arquitetura, mas também as mobílias originais, mostrando como viviam os primeiros imigrantes, seus usos, sua cultura, seus costumes.

Sede do maior museu histórico a céu aberto do Brasil, Carambeí é encantadora. Logo na entrada do museu um antigo estábulo construído em alvenaria, lá pelos idos de 1946, transformou-se na Casa da Memória. Nesse mesmo espaço está o Koffiehuis, confeitaria e restaurante, com culinária típica neerlandesa, com pratos da Holanda e da Indonésia. Um casal vestido tipicamente dá as boas vindas e é a porta de entrada à uma cultura que fascina.

Entre jardins floridos, parque das águas, memoriais à sua gente, Carambeí oferece também o Museu do Trator, considerado o mais completo museu de máquinas e implementos agrícolas do país. Ali estão evidenciadas as transformações da agricultura na região, mostrando desde a história do plantio direto da antiga colônia até se tornar uma das grandes potências agrícolas do Brasil.

SERVIÇO – Visitas de terça a domingo, das 11h às 18h – Fone (42) 3231-5063 – agendamento@aphc.com.br

 

 

COMENTÁRIOS