502 anos da Reforma Luterana

O dia 31 de outubro é uma data muito especial para todos os luteranos. Marca o dia em que se deu início ao movimento de Reforma, liderado por Martim Lutero.

Nasceu em Eisleben – Alemanha, em 10 de novembro de 1483, filho de camponeses. Como era comum na época, foi alvo de uma disciplina rígida. Apesar das poucas condições econômicas de seus pais, teve a oportunidade de estudar. Seu pai queria que ele fosse advogado. Mas ao retornar de uma visita a seus pais, Lutero foi surpreendido por uma tempestade. Com medo de morrer fez uma promessa: caso sobrevivesse iria se tornar monge.

Assim entrou na Ordem dos Agostinianos na cidade de Erfurt – Alemanha. De início seu pai não gostou, mas aceitou a decisão do filho. Lutero seguia os regulamentos com muita submissão, fazendo longos jejuns, castigando a si mesmo e lendo a Bíblia – o que era um privilégio para poucos, diga-se de passagem.

Algo o incomodava: achava que Deus o castigaria de seus pecados e não conseguia ver um Deus amoroso e perdoador. Mas ao se deparar com o texto de Romanos 1.17, Lutero fez uma grande descoberta: “O justo viverá pela fé”. Isso fez com que ele entrasse em choque com a venda de indulgências praticada pela igreja.

Indulgências eram cartas, assinadas pelo papa Leão X, vendidas às pessoas com a promessa de que seus pecados seriam perdoados e que teriam lugar no céu.  Contra isso, Lutero elaborou 95 teses, propondo uma grande mudança. Estas teses foram fixadas na porta da igreja do castelo de Wittemberg no dia 31 de outubro de 1517. Esta data é considerada o início da Igreja Luterana e hoje, é comemorada pelas comunidades luteranas.

Lutero não queria romper com a igreja, apenas reforma-la. Mas como não se retratou do que havia escrito, pois somente o faria caso fosse convencido biblicamente que estava errado, ele foi excomungado.

Refugiado no castelo de Wartburgo, traduziu o Novo Testamento para o alemão, para que as pessoas pudessem ler e estudar a Bíblia. Sua tradução foi impressa e se espalhou rapidamente. Dessa forma também o movimento da Reforma se divulgou rapidamente e as missas começaram a ser reformuladas e celebradas em alemão.

Lutero nos deixa um grande legado e uma de suas frases deve ser lembrada para Igreja hoje: “Igreja reformada sempre em reforma”.

*(Pastora Luciméri Lichtenfels de Campos)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Comentários