É verdade que é preciso ser gênio para passar em Concurso Público?

(Imagem: Reprodução/Facebook)

Se você é daquelas pessoas que acreditam que somente os gênios passam em concurso público bastante concorrido, não deixe de ler o texto e assistir a entrevista em vídeo com o Rafael Roberto de Souza, que de gênio em nada ele é, tampouco, de um quociente de inteligência (Q.I) elevado. No entanto, o que se pode nele perceber, claramente, é a sua garra, persistência, determinação e a vontade de vencer.

Rafael venceu uma maratona intensa de estudos até chegar a sua tão sonhada aprovação. Dedicou-se, seriamente e com afinco, já que tinha uma meta e sabia onde queria chegar. Abdicou-se de vários convites sociais (de amigos e familiares) para ficar estudando. Estudou com foco e obstinação.

Rafael foi aprovado como 1º colocado para o cargo de Fiscal de Tributos e 4º Fiscal Geral para o concurso da Prefeitura de Guarapuava. Foram mais de 700 candidatos inscritos para esses cargos que contavam com 1 vaga + cadastro reserva.

De fato, ele precisava, apenas, de uma vaga. Era assim que ele pensava, enquanto estudava. Não há dúvidas de que, os efeitos de ter obtido um ótimo desempenho nas provas, são consequências de seu próprio esforço e de sua vontade de vencer.

Rafael, formou-se em Contabilidade no ano de 2016 e, após este período, resolveu iniciar os estudos para concursos públicos.  Prestou diversas provas no decorrer desse período e, em muitas foi reprovado. Foram mais de 5 reprovações até conseguir passar no concurso da Prefeitura.

“Desde o ensino fundamental eu nunca fui um aluno exemplar dentro da sala de aula, considero-me um aluno mediano, como os demais alunos. Minhas notas nunca foram as maiores da turma.”, explica Rafael.

O exemplo de Rafael, nos condiciona a pensar que o impossível pode se tornar possível, desde que, inicialmente, queiramos de coração e alma. Também, leva-nos a crer que a vontade de superação deve ser maior que todos os obstáculos que possamos encontrar em nossa caminhada.

Como disse Bernardinho (técnico de vôlei): “A vontade de se preparar tem que ser maior do que a vontade de vencer. Vencer será consequência da boa preparação”.  

Assim, no mundo dos concursos, vence quem supera todos os obstáculos durante a caminhada, aliás, é aprovado, aquele que nunca desiste, que persiste até passar e não, apenas, para passar.

O mundo dos concursos está cheio de exemplos semelhantes ao do Rafael. Em sua grande maioria, são aprovados pelo seu próprio esforço (mérito), pela dedicação, disciplina e resiliência.

Não raro, que acaba sendo aprovado o mais persistente e esforçado, razão pela qual, esse nunca desiste, segue estudando firme até ser aprovado.

Por outro lado, os gênios, segundo estudos já realizados, representam menos de 1% dos aprovados em concursos públicos. Portanto, não se preocupe com eles!

Você pode estar se perguntado:  Algumas vagas já podem estar reservadas para os gênios, certo!? sim!

Mas, e as demais vagas?  Alguém tem que preenchê-las, correto?  E quem poderá preenchê-las?

Acertou. Você mesmo!

Ou será que você se considera gênio?

perfil: https://www.facebook.com/ricardo.kasz
página: www.aprovaupconcursos.com

Comentários