Inteligência Artificial no Design

Você com certeza já ouviu falar em Inteligência Artificial. Afinal, esse nome tem se espalhado pelo mundo com uma velocidade incrível, fazendo parte de praticamente todos os setores do mercado de produtos e serviços. Porém, a Inteligência Artificial no Design, e na sua função UX, ainda há pontos a serem amplamente discutidos.

Já existem empresas do meio web que trabalham com IAD (Inteligência Artificial no Design). Entre elas estão as gigantes Wix, Adobe e a Firedrop. Essas empresas já desenvolvem sites e aplicativos integrados à plataformas com inteligência artificial, então esse nome complicado não está tão distante da nossa realidade como podemos perceber.

Mas o que é IAD (Inteligência Artificial no Design)?

Esse termo ainda não é muito comum, mas com certeza você futuramente irá ouvi-lo muito. Nada mais é que a tecnologia de última geração da inteligência artificial, voltada à criação autônoma de sites e aplicativos. Sim, isso mesmo, sites que se criam praticamente sozinhos, apenas com auxílio das prioridades que o proprietário do projeto coordena.

Através de reconhecimento e identificação de tendências, ele implementa no site as últimas novidades em design.

A vantagem da criação de sites através da IAD é a beleza do site. Ou seja, o site fica atraente e moderno. E com a inteligência artificial por trás desse processo, pode-se integrar plataformas de criação de sites, e assim ajudar usuários quando precisam de dicas de estilo e também para o SEO do site.

IA e a criatividade na criação

Algumas pessoas se perguntam se essa inteligência artificial envolvida na criação de sites e aplicativos não pode implantar sua própria criatividade nos projetos. Mas, na verdade, é na sua criatividade que a IA mostra o seu poder. Ainda ela pode, além de rastrear oportunidades de maior engajamento, também reconhecer e executar grandes oportunidades no design. Coisas que nós, meros humanos, não temos ainda o potencial de identificar com rapidez. 

Dessa forma, o criador de sites na IAD desenvolve seu projeto em duas etapas:

Rastrear – ele rastreia e ajusta as sessões do seu site de forma que tenha um maior envolvimento com o usuário. 

Capacidade: ele aumenta a capacidade dos desenvolvedores de sites a rastrear os visitantes de conteúdos do site, gerando um maior engajamento e maior alcance do conteúdo.

Alguns dos benefícios da Inteligência Artificial para o Design

Experiência do usuário

Essa com certeza é uma das maiores vantagens que a IA tem. Afinal, com ela, a experiência do usuário dentro do site é transformada e elevada a outro patamar, quando bem executada. Um exemplo relevante seria o site da Amazon, onde com a interatividade da IA, produtos relacionados e categorizados para cada cliente são sugeridos para agilizar e facilitar a interação dele com o site. Isso tudo de uma forma agradável e persuasiva.

Conteúdo personalizado para cada usuário

Como a memória da IA é sem precedentes de capacidade de armazenamento, é fácil para ela montar e organizar a preferência de cada usuário. O Youtube, por exemplo, monta uma pré playlist de acordo com seus últimos views. Assim, fica muito mais fácil a interação.

Pesquisa por voz

Com a IA, essa tecnologia de pesquisar o que você precisa apenas falando não é apenas uma comodidade dos smartphones. Sim, em sites de versão desktop já estão sendo implantados boots de reconhecimento de voz. Isso mostra um pouco do potencial que a IA vem trazendo para o design e a criação de sites.

Gostou deste artigo? Tem interesse em saber mais sobre tecnologia, redes sociais e internet? Veja nossos artigos sobre a Mudanças no Instagram e volta do Snapchat: o que esperar das redes sociais e empresas na web. Quer ainda mais conteúdo? Acesse o blog da K13 Agência Web e encontre conteúdos exclusivos.

 

Comentários