Perdão

Viver é uma aventura, uma aventura cheia de desafios, recheada de alegrias e tristezas. É difícil ter maturidade o suficiente e entender que momentos de tristeza também são graças Divinas e significa estar vivo.

Não há mais nada no mundo que seja tão sublime do que se sentir-se vivo. Aceitar este sentimento agradecer e desapegar-se talvez seja uma das lições mais importantes da nossa jornada, é esse entendimento que nos possibilita sermos melhores de espírito e o peito aberto na recepção da felicidade.

Deus quando nos deu a oportunidade de estar aqui nos presenteou com inúmeras ferramentas para viver essa aventura chamada vida, dentre elas uma é especial para superar decepções, ilusões, tristezas ou depressões. Talvez seja a mais difícil de ser usada porque começa a ser usada por nós mesmos no mais íntimo do que possa ser o nosso SER.

Esta ferramenta chama-se perdão, perdoar liberta, e a maior de nossas amarras são mentais não reais, já me libertei de muitas, preciso me libertar de várias, mas o mais importante é ter discernimento da necessidade de perdoar o próximo, mas acima de tudo perdoar a si mesmo.

Comentários