São os “loucos” que consertarão o mundo!

São os "loucos" que consertarão o mundo!

Por diversas reviravoltas e, com certeza pelos caminhos que trilhei nesta minha meia jornada de vida, tenho convivido com pessoas totalmente diferentes daquelas que estamos, eu e você, habituados no nosso dia-a-dia. São pessoas que nos provocam constantemente e nos fazem sair de nossa Zona de Conforto. São nerds, geeks, visionários (eu trabalho para um deles), jovens, outros muito jovens, idosos, outros muito vividos, enfim, são pessoas que comumente chamamos, por falta de conhecimento ou mesmo de um outro vocábulo, de LOUCOS.

Eles sempre existiram entre nós. Desde o filósofo Sócrates que simplesmente dizia “Conhece-te a ti mesmo” ao também filósofo Nietzsche que ia além e afirmava, sem papas na língua, “torna-te quem tu és”. Muitos considerados loucos mudaram o mundo em que viviam, sem na verdade ter como prioridade esta mudança. Eles simplesmente tornaram-se o que eram. Tesla, Da Vinci e Einstein são belos exemplos disto.

A diferença é que estes “loucos” de hoje sabem que o são. E é justamente por isto que procuram mudar seu lar, sua casa, seu bairro, sua cidade, seu país, seu mundo. São pessoas que querem, antes de tudo, IMPACTAR positivamente a vida de outras pessoas. São loucos sim, mas não com receitas tarja preta. São loucos de verdade, entretanto, brilhantes. Pois, já dizia Aristóteles, “Nunca existiu uma grande inteligência sem uma veia de loucura”. São todos Loucos sim, repito, todavia vistos como Ambrose Bierce os definia: um ser afetado por um alto grau de independência intelectual.

E são estes pouquíssimos loucos que deixaram de olhar para seus próprios e belos umbigos e estão tratando de consertar este nosso mundo já tão gasto, vilipendiado e usado. São estes loucos que apresentam soluções cada vez mais simples para os problemas cada vez mais complexos da humanidade. São estes admiráveis loucos que criam estas inovadoras tecnologias atuais e a colocam a serviço das pessoas. São esses loucos que, de tão brilhantes, enriquecem mental e monetariamente mais pensando em mudar para melhor a vida das pessoas, do que aqueles que só pensam em si.

E não vou aqui citar exemplos destes loucos da atualidade pois, aprendi recentemente com um deles (RH) que “loucos não se conhecem, eles simplesmente se RECONHECEM. Portanto, enlouqueça um pouco reconheça o louco mais próximo de você.

É… São os LOUCOS que consertarão o mundo!

Leia outras notícias no Portal RSN.

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com