Seminário em Guarapuava põe pedetistas em novo ‘round’

Seminário em Guarapuava põe pedetistas em novo 'round'

Seminário coloca Fruet e Goura no ringue (Foto: Reprodução/Facebook)

Tudo indica que o PDT não está falando a mesma língua também lá em cima, no Diretório Estadual. Afinal, se em Guarapuava a indicação do vereador Dognei à presidência da Comissão Provisória provocou a gritaria dos pedetistas ditos ‘históricos’, em Curitiba a ‘peleia’ é mais forte. Assim, estão no ‘front’ os deputados Gustavo Fruet (federal) e Goura (estadual). Porém, o pivô da polêmica é o encontro estadual de vereadores, que será em Guarapuava, no próximo dia 26.

Acontece que os organizadores desse seminário são Fruet e o vereador de Curitiba Marcos Vieira. Assim, Goura diz que sequer foi consultado.

Bem, duas coisas chamam a atenção e pautam a polêmica interna. Goura é liderança forte em Curitiba e foi o único deputado eleito pelo PDT na capital paranaense. Se fosse consultado sobre o local do seminário, com certeza ‘puxaria a brasa’ para o seu reduto. A outra, é que tanto Goura quanto Fruet querem disputar a Prefeitura de Curitiba pelo partido. Entretanto, apenas um terá essa vaga.

‘PANOS QUENTES’

Em contrapartida, o PDT estadual, em nota divulgada à imprensa, tenta colocar ‘panos quentes’ e chama para si a responsabilidade do seminário.

“O evento é realizado pelo PDT Paraná e pela Fundação Leonel Brizola – Alberto Pasqualini (PR), organizado pelo presidente da Frente Estadual de Vereadores do PDT Paraná, Marcos Vieira”. Diz também que o seminário tem o apoio do deputado federal Gustavo Fruet e dos deputados estaduais Goura, Nelson Luersen e Marcio Pacheco.

Em relação à sede do encontro, o partido assegura que a escolha foi Guarapuava, pela sua localização central. Isso facilita.

Vale destacar que a escolha do município de Guarapuava foi com base na sua localização central, de forma a facilitar a participação dos interessados que moram nos municípios mais distantes, a exemplo de Foz do Iguaçu, Maringá, entre outros. Também afirma a nota que a data e o local foram deliberados em assembleia.

Porém, o fato é um só. Se persistir essas desavenças, tanto no município quanto no Estado, em que clima acontecerá esse seminário? Mas como a política é a arte, digamos, do ‘jogo de cintura’, no fim tudo pode acontecer. Porém, teoricamente caberá ao anfitrião Dognei acalmar os ânimos de todos os lados.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Comentários