Um pé aqui, outro lá

Dois grandes eventos ocorridos durante a semana passada, e que acabaram nesse domingo (13), foram “pratos cheios” para os candidatos às eleições deste ano no Paraná.

Aliás, como sempre acontece em épocas eleitorais, a Exposição Feira Agropecuária e Empresarial de Guarapuava, a Expogua, foi visitada pela governadora Cida Borghetti (PP). João Arruda (MDB) e Ratinho Júnior (PSD) preferiram outra data para vir a Guarapuava. Mas Beto Richa (PSDB) veio.

Cida e Ratinho também visitaram a Festa Nacional do Feijão Preto, sede da maior feijoada do mundo. Mas o principal ingrediente, como não poderia de ser, foram entrevistas, abraços e apertos de mãos com o público, elogios daqui e dali. Quem fez pelos dois municípios em questão, se fartou de relembrar números e cifras, como foi o caso de Richa que trouxe a Guarapuava, por exemplo, cerca de R$ 1 bilhão em obras.

Mas o que ficou visível aos olhos mais atentos é que lideranças – e aí incluo prefeitos, vereadores, e outros cabos eleitorais –  estão com um pé aqui e outro lá, a partir da divisão de lideranças.

Se a coordenação da campanha à reeleição de Cida soma na ponta do lápis e diz que a candidata tem o apoio do maior número de prefeitos, pessoas diretamente ligadas à campanha de Ratinho Júnior faz outra conta. “Sempre estiveram ali no Palácio Iguaçu, mas saem de lá e vão à Assembleia, no gabinete do Ratinho Júnior”, diz uma das fontes à esta jornalista.

Bem, a tinta da caneta de Cida acabou. Mas o fato é que ela tem como base a maior coligação deste ano. São oito partidos – a maioria nanicos, é verdade. Mas tem tempo de televisão, somam 149 prefeitos, 1.444 vereadores e 155 vice-prefeitos.
Ratinho Junior (PSD), pela sua coligação, possui oficialmente,121 prefeitos, 1.218 vereadores e 131 vice-prefeitos.

O medebista João Arruda, que é o retardatário nessa corrida, está com 110 prefeitos, 846 vereadores e 90 vice-prefeitos.
Se prefeitos e vereadores são as bases dos municípios e os maiores cabos eleitorais para as eleições, principalmente, ao Governo e a deputados estaduais e federais, o tempo no horário da propaganda gratuita da Justiça Eleitoral, no rádio e na televisão, também conta. E Cida tem mais de um minuto a seu favor, em relação a Ratinho Júnior.  Mas as equipes de marketing estão a todo vapor. Bem, esse trabalho, que está a mil nos bastidores, vai levar os candidatos para dentro da casa dos paranaenses – e brasileiros, no caso da presidência da república -, a partir  31 de agosto até 4 de outubro, três dias antes do pleito. Caso haja necessidade de segundo turno, as propagandas serão transmitidas entre 12 e 26 de outubro. Porém, a propaganda eleitoral em âmbito geral, incluindo carros de som, auto-falantes, comícios e passeatas, está liberada de 16 de agosto até às 22 horas de 6 de outubro, véspera das eleições.

Mas mesmo assim, os grandes eventos continuarão pautando as agendas políticas. Na região de Guarapuava, o próximo será a Festa do Charque em Candói.

Comentários