Entidades realizam Fórum de Responsabilidade Social

Guarapuava – O Fórum de Responsabilidade Social foi realizado na última segunda-feira, no auditório da Unicentro. O evento é uma promoção da Faciap (Federação das Associações Comerciais do Estado do Paraná), Cacicopar (Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Centro Oeste do Paraná) e Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava), com apoio do Sicredi e Unicentro.
O evento contou com palestras e explanações de cases de sucesso. Os dois escolhidos foram o projeto Policial Militar por um Dia – parceria da Acig, Polícia Militar e Secretaria Municipal de Educação – e o projeto Abacate, de Laranjeiras do Sul. O primeiro visa levar alunos do Ensino Básico ao 16 BPM, com intuito de passar conceitos de cidadania e mostrar o trabalho da polícia.O projeto Abacate incentiva o plantio de fruto como alternativa de renda e modo de recuperar áreas de matas.
O presidente da Cacicopar, Alberto Fuchs Neto, destacou a importância de os empresários terem consciência de que há muito a fazer, com medidas que vão de encontro à defesa do meio ambiente, da constituição e dos diretos humanos. “Isso tem de ser feito com comportamento ético, que contribua para o desenvolvimento econômico e social. Não podemos ser expectadores da desigualdade que assola nosso país”.
O diretor para assuntos do SCPC (Sistema Central de Proteção ao Crédito) da Acig e vice-presidente da Faciap, José Divonsil da Silva, afirmou que responsabilidade social deve fazer parte de todas as empresas e disse esperar que o Fórum contribua para que as pessoas comecem a pensar e colocar em prática o assunto, de modo a alcançar desenvolvimento maior e com mais igualdade.
O presidente da Acig, Valdir Grigolo destacou a importância do evento pelo fato de ele sensibilizar para um assunto que cada vez mais terá de estar incorporado dentro das empresas, mesmo porque é consoante a preceitos constitucionais.
A palestrante Yvy Karla Abbade salientou que todos somos locatário do mundo em que vivemos e precisamos nos preocupar com as gerações futuras, por isso o ser humano precisa aproveitar de forma correta aquilo que recebeu. “O progresso é bem vindo e necessário, mas para aproveitar da melhor forma possível temos de planejar o que vamos criar”.
O diretor executivo do Nurse (Núcleo de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Empresarial da Faciap), Flavio Toledo, ressaltou que o desenvolvimento sustentável é o caminho para a transformação social e que o associativismo é uma das formas para consegui-lo.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

MAIS UMA MORTE

Após 28 dias desde os primeiros sintomas, morre 76º paciente

PROST

Quiosque da Brahma surge repaginado no Shopping 'Cidade dos Lagos'

Comentários