Entidades realizam Fórum de Responsabilidade Social

Guarapuava – O Fórum de Responsabilidade Social foi realizado na última segunda-feira, no auditório da Unicentro. O evento é uma promoção da Faciap (Federação das Associações Comerciais do Estado do Paraná), Cacicopar (Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Centro Oeste do Paraná) e Acig (Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava), com apoio do Sicredi e Unicentro.
O evento contou com palestras e explanações de cases de sucesso. Os dois escolhidos foram o projeto Policial Militar por um Dia – parceria da Acig, Polícia Militar e Secretaria Municipal de Educação – e o projeto Abacate, de Laranjeiras do Sul. O primeiro visa levar alunos do Ensino Básico ao 16 BPM, com intuito de passar conceitos de cidadania e mostrar o trabalho da polícia.O projeto Abacate incentiva o plantio de fruto como alternativa de renda e modo de recuperar áreas de matas.
O presidente da Cacicopar, Alberto Fuchs Neto, destacou a importância de os empresários terem consciência de que há muito a fazer, com medidas que vão de encontro à defesa do meio ambiente, da constituição e dos diretos humanos. “Isso tem de ser feito com comportamento ético, que contribua para o desenvolvimento econômico e social. Não podemos ser expectadores da desigualdade que assola nosso país”.
O diretor para assuntos do SCPC (Sistema Central de Proteção ao Crédito) da Acig e vice-presidente da Faciap, José Divonsil da Silva, afirmou que responsabilidade social deve fazer parte de todas as empresas e disse esperar que o Fórum contribua para que as pessoas comecem a pensar e colocar em prática o assunto, de modo a alcançar desenvolvimento maior e com mais igualdade.
O presidente da Acig, Valdir Grigolo destacou a importância do evento pelo fato de ele sensibilizar para um assunto que cada vez mais terá de estar incorporado dentro das empresas, mesmo porque é consoante a preceitos constitucionais.
A palestrante Yvy Karla Abbade salientou que todos somos locatário do mundo em que vivemos e precisamos nos preocupar com as gerações futuras, por isso o ser humano precisa aproveitar de forma correta aquilo que recebeu. “O progresso é bem vindo e necessário, mas para aproveitar da melhor forma possível temos de planejar o que vamos criar”.
O diretor executivo do Nurse (Núcleo de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Empresarial da Faciap), Flavio Toledo, ressaltou que o desenvolvimento sustentável é o caminho para a transformação social e que o associativismo é uma das formas para consegui-lo.

Relacionadas

BOA SORTE!

Nota Paraná sorteia R$ 10 milhões em prêmios nesta terça (14)

AGRICULTURA

Nova modalidade do PAA vai atender pequenos produtores individuais

COVID-19

Guarapuava chegou aos 304 confirmados de covid-19

Comentários