Governo abre nova chamada para profissionais da saúde

Entre as 31 cidades que devem receber os estudantes e profissionais da área da saúde estão Guarapuava e Irati. O processo é on-line

O Governo do Estado está com vagas abertas para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e estudantes da área da saúde que queiram atuar como bolsistas em ações de prevenção e combate ao coronavírus. Serão ofertadas vagas para atuar em 31 cidades do Paraná. Guarapuava e Irati estão na lista.

De acordo com a assessoria do governo, as inscrições podem ser feitas a partir desta quarta (29), e o envio da documentação é todo on-line. O critério de escolha dos bolsistas será por ordem cronológica de inscrição.

Para acessar o edital completo, clique aqui.

Desenvolvido em parceria entre a Superintendência Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. E ainda com a Secretaria de Estado da Saúde e a Fundação Araucária, o novo edital faz parte da terceira demanda complementar do Programa de Apoio Institucional para Ações Extensionistas de Prevenção, Cuidados e Combate à Pandemia do Novo Coronavírus. De acordo com a assessoria, atualmente chega a 660 o número de bolsistas contratados.

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Aldo Bona explicou que a divulgação dos editais tem garantido o reforço no combate ao coronavírus em todo o Estado por meio da contratação de profissionais e estudantes. “A iniciativa inédita no Brasil é uma forma inovadora de prevenção a pandemia”.

TELEMEDICINA 

Assim, o edital prevê vagas para médicos bolsistas, regularmente inscritos no Conselho Regional de Medicina, atuarem no aplicativo Telemedicina Paraná. Além disso, a carga horária prevista será de 20 horas semanais no modo de trabalho remoto.

O serviço de atendimento de saúde on-line possibilita o suporte para diagnóstico clínico de forma remota, permitindo a interpretação de exames e a emissão de laudos médicos e evitando aglomerações em Unidades de Saúde e Postos de Atendimento.

O professor do curso de Medicina da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ricardo Zanetti Gomes afirmou que a Telemedicina Paraná vai transformar o atendimento médico para a população, desburocratizando e ampliando o acesso à ferramenta. “O modelo criado pelo Estado permite utilização de vídeo chamada, fato que aproxima ainda mais o médico do paciente”.

VAGAS REMANESCENTES

Ainda segundo a assessoria, a demanda complementar também oferece vagas remanescentes das chamadas anteriores, para profissionais atuarem nas Regionais de Saúde, postos rodoviários de divisa, Departamento Penitenciário e nas Centrais de Informação.

As vagas estão disponíveis para as cidades de Curitiba, Londrina, Guarapuava, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, Jacarezinho. E ainda, Francisco Beltrão, Paranaguá, Irati, Cornélio Procópio, Apucarana, Toledo, Telêmaco Borba. Além de Cianorte, Ivaiporã, Santana do Itararé, Carlópolis, Ribeirão Claro, Andirá, Sertaneja, Porecatu. E, Santo Inácio, Pato Branco, Siqueira Campos, Ibaita, Quatiguá, Tomazina. Por fim, Santo Antonio da Platina e Wenceslau Braz.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS CONFIRMAÇÕES

Guarapuava registra cinco novos casos de covid-19 em 24h

ELEIÇÕES 2020

Guarapuava está com sete candidatos a prefeito nas eleições deste ano

ENCONTRO INTERNACIONAL

CCBEU promove feira on-line com 100 universidades dos EUA

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com