Moradora tem casa atingida por tiros em Guarapuava

Jovem de 22 anos disse aos policiais que pediu medida protetiva contra o ex-companheiro na tarde dessa terça (30)

(Foto: Reprodução/Pixabay)

A Polícia Militar atendeu a uma ocorrência de disparo de arma de fogo no começo da madrugada deste feriado de 1º de maio em Guarapuava. Uma mulher de 22 anos chamou a PM, após ter a casa atingida por tiros, na Av. Austrália, Colônia Cachoeira, no Distrito de Entre Rios. No local a polícia constatou os disparos que quebraram vidros e atingiram paredes internas.

A dona da casa disse aos policiais que esteve na delegacia na parte da tarde pedindo medida protetiva contra o ex-companheiro. Afirmou ainda que na parte da manhã, a mãe dela recebeu várias ligações de um número privado fazendo ameaças. O áudio já foi entregue para a polícia civil.

Durante o atendimento, um GM Prisma Prata passou em frente a casa e retornou em seguida. O carro foi abordado pelos policiais. O motorista era o irmão do suspeito, e disse que passou pelo local porque ouviu os disparos e pensou que o irmão estaria envolvido.

OUTROS DISPAROS

Pouco tempo depois às 2h10 da madrugada desta quarta (1), a PM atendeu a um outro caso de disparo de arma de fogo. Desta vez na rua Guaíra, no Centro de Guarapuava. Os policiais chegaram até o endereço após denuncia anônima de que uma pessoa em um carro, teria disparado contra um outro que estava estacionado.

No local, foi constatado que o Renault/Clio estava com os dois vidros laterais traseiros danificados e um furo na porta traseira do lado do passageiro, possivelmente causados por disparo de arma de fogo. Ninguém foi encontrado para informar o que havia acontecido.

Relacionadas

AUMENTOU

Guarapuava atinge marca de 1.030 casos confirmados de covid-19

INTERAÇÃO

Campo Real oferece atendimento nutricional gratuito à população

MIRA CERTA

Adolescentes entram para a história do Tiro Olímpico em Guarapuava

Comentários