‘Operação Contaminatus’ cumpre nove mandados de busca e apreensão no PR

Além do Paraná, foram cumpridos mandados em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará e Tocantins

A Polícia Federal cumpriu nove mandados de busca e apreensão e efetuou quatro prisões nesta quarta (27) no Paraná. Cerca de 80 policiais federais participaram da  ‘Operação Contaminatus’ nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará e Tocantins.

O objetivo da Operação é desbaratar uma organização criminosa, cujos principais líderes residem na região de Guaíra, e é especializada em contrabandear e distribuir cigarros e agrotóxicos de origem paraguaia em vários Estados do Brasil.

Em Tocantins foram dois mandados de busca e apreensão que resultaram em um flagrante por posse ilegal de arma e em um mandado de intimação em Paraíso do Tocantins. No Mato Grosso do Sul, os policiais fizeram uma prisão preventiva e cumpriram um mandado em Mundo Novo. No estado do Mato Grosso, foram duas prisões e quatro mandados de busca e apreensão em Sinop. E no Pará, a operação cumpriu um mandado. Uma prisão ainda aguarda cumprimento em Novo Progresso.

Ao longo do período investigativo, foi identificada a existência de empresas fundadas especificamente com o objetivo de expedir notas fiscais, para dar ares de legalidade ao transporte dos produtos contrabandeados. O nome “CONTAMINATUS”, que significa contaminado em latim, faz referência ao uso de agrotóxicos proibidos em lavouras no Brasil e ao modo de operação do grupo criminoso.

 

Relacionadas

CUIDADO

Receita Federal alerta para sites falsos que simulam leilões do órgão

ELEIÇÕES

STF confirma que não é obrigatório portar título de eleitor para votar

FACILIDADE

Financiamento da casa própria já pode ser feito por app da Caixa Econômica

Comentários