PM é agredida após encerrar festa com algazarras em Guarapuava

De acordo com a PM, um grupo de 20 pessoas ofendeu a equipe policial e tentou libertar um dos abordados após o fim da festa

PM é agredida após encerrar festa com algazarras em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

Cerca de 20 pessoas tentaram agredir uma equipe da Polícia Militar na madrugada desse domingo (13) após a finalização de uma festa de confraternização em Guarapuava. De acordo com o relato policial, a ocorrência de desacato, desobediência, perturbação do sossego e resistência, aconteceu por volta das 4h05 na rua Cel. Antonio Vilaça, no bairro Vila Bela.

No endereço, os policiais constataram que algumas pessoas faziam algazarras e utilizavam som alto. A equipe policial então fez contato com o dono da casa que não teve a idade informada. Ele se comprometeu em terminar a confraternização e solicitou para que os convidados se retirassem. Entretanto, em seguida, um homem de 23 anos saiu da casa e passou a desacatar a equipe. Durante tentativa de abordagem, o jovem correu e resistiu, mas acabou contido. Porém, conforme a PM, ele passou a gritar chamando por nomes e parentes em frente da residência.

OFENSAS

De acordo com a polícia, ao perceber que o jovem estava detido, um grupo com cerca de 20 pessoas entre parentes e vizinhos, partiu para cima dos policiais tentando liberar o detido e ofendendo os policiais. Com a chegada das outras equipes, os autores correram para dentro da residência. Neste momento, um idoso de 62 anos fechou o portão e ficou segurando para que os policiais não entrassem. Na ação, o idoso sofreu uma escoriação no crânio, ocasionada pelo portão que bateu na cabeça dele.

Já dentro da casa, os policiais abordaram um homem de 38 anos, que por diversas vezes havia desacatado a equipe policial com palavras de baixo calão. Além disso, ele tentou várias vezes impedir a prisão do filho. Os policiais ainda abordaram uma jovem de 19 anos, identificada como uma das pessoas que desacataram a equipe. Além dela, os policiais militares identificaram uma mulher de 26 anos, que também fez ofensas e tentou resgatar o marido. Por fim, cinco pessoas foram encaminhadas para o 16º BPM para lavratura de termo circunstanciado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS UMA MORTE

Após 28 dias desde os primeiros sintomas, morre 76º paciente

TRAGÉDIA

Carro carbonizado com dois corpos é encontrado na estrada do Guairacá

GRANDE APREENSÃO

Operação apreende 220 quilos de maconha em Guarapuava

Comentários