Polícia Ambiental prende duas pessoas em flagrante de crime ambiental

A polícia chegou ao local no momento em que os homens faziam o corte das árvores e ateavam fogo para a limpeza. Eles foram multados em mais de R$ 500 mil

A polícia aplicou uma multa de mais de R$ 500 mil (Foto: Ascom/PA)

A Polícia Ambiental de Guarapuava divulgou a prisão de duas pessoas em flagrante pelo crime de corte de árvores nativas nesta terça (16) em Imbituva. Ainda conforme as informações eles utilizavam fogo para a limpeza de parte da área.

De acordo com as informações da polícia, as equipes chegaram no momento em que os dois cortavam as árvores e o fogo atingia espécies nativas de árvores ameaçadas de extinção pela legislação ambiental, como, pinheiro araucária e canela preta, em área correspondente a 16,4 hectares.

Eles atearam fogo para fazer a limpeza (Foto: Ascom/PA)

Ainda segundo a polícia, foram apreendidos 120 metros cúbicos de material lenhoso, oriundo do corte da vegetação. Desse modo, os presos foram conduzidos à Delegacia da Polícia Civil para lavratura do flagrante. Como o proprietário da área não estava no local, a PC Civil será comunicada sobre o crime para instaurar Inquérito Policial.

Por fim, a conduta delituosa rendeu aos infratores (presos e proprietário), multa ambiental no valor de R$ 535.500. A Polícia Ambiental informa que todas as denúncias sobre crimes ambientais devem ser feitas pelo telefone 181.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

LATROCÍNIO

Ossada de homem desaparecido desde maio é encontrada em Candói

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

Assentamentos da Região recebem contratos de concessão de uso

METROPOLITANO

DER seleciona empresa para assumir duas linhas na Região

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com