Prefeitura suspende contratação para mapeamento da saúde

Nomes dos 500 selecionados já foram divulgados, porém, Prefeitura, por cautela, vai rever medidas de segurança para os envolvidos

Prefeitura suspende contratação para mapeamento da saúde (Foto: Reprodução/Pixabay)

A confirmação de mais um caso de coronavírus em Guarapuava provocou, por cautela, a suspensão por uma semana, do Programa de Mapeamento de Grupos de Risco para medidas de enfrentamento à Covid-19. A decisão foi tomada nesta sexta (17), embora a Prefeitura, já tenha divulgado os nomes dos 500 selecionados.

A decisão atende recomendação do Ministério Público do Trabalho (MPT). A comunicação foi feita aos procuradores do Trabalho no Município durante reunião virtual na tarde de hoje.

De acordo com a decisão, no período em que o projeto estiver suspenso, MPT e Prefeitura aprofundarão o diálogo para avaliar sobre a necessidade ou não da continuação do programa.

Conforme a Prefeitura, o MPT destacou questões importantes que serão consideradas antes da implantação ou não das atividades. “Além de não ser o momento mais propício para ações de levantamento da forma proposta pelo Município, em razão da exposição dos agentes entrevistadores ao perigo de contágio, é necessária uma capacitação adequada para as ações”.

SELECIONADOS TERÃO KIT PREVENÇÃO

Todavia o procurador-geral do Município, Rafael Baroni, afirmou que, caso seja dada continuidade ao Programa, serão fornecidos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) básicos aos entrevistadores (máscaras e álcool em gel). Na proposta inicial cada voluntário seria responsável pelas despesas de custeio do programa. Também foi informado ao MPT que a capacitação e o treinamento dos entrevistadores serão intensificados durante a próxima semana, enquanto estiver suspensa a execução do projeto.

De acordo com a proposta da administração municipal, os trabalhadores seriam voluntários, mas teriam uma bolsa-auxílio de R$ 200 cada um.

Assim, como os selecionados percorreriam residências entrevistando famílias, a administração decidiu rever os critérios de segurança. Serão tomadas medidas mais eficientes para garantir a integridade da saúde dos entrevistadores, coordenadores e da população, para então programa ser retomado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

ESTAÇÃO COLORIDA

Primavera chega trazendo flores e estiagem ao Paraná

SETE CONFIRMAÇÕES

Sete novos casos de covid-19 são confirmados em Guarapuava

COVID-19

Dois casos de covid-19 foram confirmados em Guarapuava neste domingo

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com