Interior do PR oferece paisagens de tirar o fôlego

Ao mesmo tempo em que encantam pelas paisagens, lagos e balneários são muito procurados para atividades náuticas. Anote na agenda e conheça após a quarentena

Ceagro

Centro de Desenvolvimento Sustentável e Capacitação em Agroecologia, Rio Bonito do Iguaçu (Foto: Thiago Gonçalves)

A arte, a cultura e a memória da Região dos Lagos e Colinas do Paraná podem ser prestigiadas a qualquer tempo em museus, memoriais e espaços culturais. Anote na agenda para fazer uma visita após a quarentena.

Às margens do rio Iguaçu, a Região dos Lagos e Colinas é conhecida pelas inúmeras usinas hidrelétricas que impulsionam a economia dos municípios. Mas, se a força das águas aponta para o futuro, o passado local está bem preservado em museus e acervos, que se encarregam de manter viva a memória do lugar.

Assim, nesse jogo entre passado e futuro, as belezas naturais são como um presente aos visitantes. Ao mesmo tempo em que encantam pelas paisagens, lagos e balneários são muito procurados para atividades náuticas.

Tem ainda turismo religioso, eventos variados e uma gastronomia de dar água na boca!

Casa da Memória e Cultura de Laranjeiras do Sul (Foto: Correio do Povo)

Uma das sugestões do Portal Viaje Paraná é a Casa da Memória e Cultura Território Federal do Iguassú, de Laranjeiras do Sul, que eterniza episódios importantes do passado do município por meio de móveis e objetos datados da década de 1940. A casa servia de residência oficial ao secretário-geral, o major Raul Gomes Pereira do Nascimento. Tombado em 1988, o local preserva a arquitetura e originalidade da obra.

Na mesma linha de resguardo do patrimônio histórico local, merecem uma visita o Museu Histórico Municipal de Guaraniaçu; o Centro de Cultura de Quedas do Iguaçu; e a Casa da Memória de Virmond.

Faxinal do Céu, Pinhão
(Foto: Prefeitura de Pinhão)

ECOTURISMO

Além disso, tem a riqueza histórica e cultural da Região Lagos e Colinas é emoldurada por belas paisagens naturais. Destaque turístico de Pinhão, a Vila de Faxinal do Céu mistura, em um mesmo espaço, Centro de Eventos e um Jardim Botânico que abriga uma reserva de vegetação nativa dominada pelo Pinheiro-do-Paraná, imbuia e erva-mate.

Usina Hidrelétrica de Foz do Areia, Pinhão (Foto: Prefeitura de Pinhão)

Derivado de uma usina hidrelétrica, o lago artificial de Rio Bonito do Iguaçu deu origem a dois balneários. Um deles oferece camping e lanchonete.

Prainha de Alagado

Prainha de Alagado, Rio Bonito do Iguaçu (Foto: Alex Garcia)

COMO CHEGAR?

É possível chegar à Região de carro ou ônibus, pelas rodovias BR-277 e BR-476. Quem prefere viajar de avião precisa desembarcar em Ponta Grossa ou Curitiba, onde ficam os aeroportos mais próximos.

ONDE FICAR

A rede hoteleira local é ampla e conta com hotéis simples e de alto padrão, pousadas pesqueiras e rurais, além de áreas para camping.

Bolinho de Charque (Foto: Prefeitura de Candói) Faxinal do Céu, Pinhão (Foto: Prefeitura de Pinhão)

DIVERSÃO

O calendário de eventos da região é extenso e diversificado, com destaque para a Festa do Pinhão, de Pinhão; a Festa de Bom Jesus, de Laranjeiras do Sul; a Exporio, em Rio Bonito do Iguaçu; e a Festa Nacional do Charque, de Candói.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MEIO AMBIENTE

Audiência pública apresenta sugestões sobre resíduos sólidos dia 30/09

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

NOVA FILIAL

Zero Resíduos expande operações para cidade de Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com