UniGuairacá oferece atendimento domiciliar em saúde durante pandemia

A ação ocorre por meio das Clínicas Integradas Guairacá e é voltada para pacientes dos grupos de risco, para contenção de novos casos de covid-19

Os atendimentos em domicílio têm seguido as normas de segurança recomendadas pelos órgãos de saúde (Foto: Ascom/UniGuairacá)

A assessoria de imprensa do UniGuairacá Centro Universitário informou que a instituição deu início a um programa de atendimento domiciliar em saúde. Desse modo, a ação ocorre por meio das Clínicas Integradas Guairacá e é voltada para pacientes dos grupos de risco, para contenção de novos casos de contaminação pela covid-19.

De acordo com a professora Lelia Paes Jeronymo, que coordena as atividades, a iniciativa é para que os pacientes não interrompam o tratamento, ao mesmo tempo seguindo as recomendações de isolamento.

Por conta da pandemia, aqueles que se enquadram nos grupos de risco não podem sair de casa, mas precisam fazer fisioterapia. Esses atendimentos domiciliares são muito importantes, pois trabalhamos com prevenção e reabilitação de pessoas com problemas crônicos dos pulmões, com pós-cirurgias ortopédicas e também pacientes neurológicos que estão dependentes e não saem da cama.

Além disso, a assessoria informou que os atendimentos em domicílio têm seguido as normas de segurança recomendadas pelos órgãos de saúde, como os equipamentos de proteção individual. “Estamos tomando todas as medidas de proteção necessárias. Usamos o protetor facial face shield, luvas, máscaras e jalecos descartáveis. Levamos todo material que vamos utilizar, como bolas, bastão e aparelhos respiratórios esterilizados. Também higienizamos as mãos e os materiais, antes e após os atendimentos”.

Assim, as atividades são desenvolvidas por estudantes dos cursos da saúde da instituição, acompanhados por professores. As primeiras visitas foram da área de fisioterapia. Nos próximos dias os cursos de Farmácia e Enfermagem também estarão envolvidos. Lelia destacou o grande aprendizado que a prática tem trazido. “Essa é uma vivência muito importante para os alunos da graduação, já que eles abordam os pacientes em seu ambiente domiciliar podendo dessa forma entender as necessidades de cada um, orientando de acordo com sua realidade”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

LUTO

Irati confirma sexta morta por covid-19 nesta quinta (13)

INVESTIMENTO

Primeiro moinho da Agrária inspira Centro de Eventos em Entre Rios

POLÍTICAS PÚBLICAS

Secretaria da Mulher anuncia nova parceria para o combate à violência

Comentários