33% dos pacientes positivados em Guarapuava já estão curados

Os bairros com maior incidência de casos em Guarapuava são: Boqueirão, dos Estados, Vila Carli e Centro com mais de 15 casos em cada

Guarapuava tem 245 casos de covid-19 confirmados (Foto: Agência Brasil)

O Ministério da Saúde divulgou que 927.292 pacientes que tiveram resultado positivo para a covid-19 no Brasil já se recuperaram. De acordo com as informações, o número representa 57,1% das pessoas que tiveram a confirmação da doença no país. Assim, os o número de curados é superior à quantidade de casos ativos (630.505), que são pacientes em acompanhamento médico. Em Guarapuava, os curados já somam 33% dos pacientes positivados.

De acordo com os dados da Secretaria de Saúde de Guarapuava, os bairros com maior incidência de casos na cidade são: Boqueirão, dos Estados, Vila Carli e Centro com mais de 15 casos em cada um deles. Ainda conforme os dados, dos 245 pacientes confirmados com o novo coronavírus até essa segunda (6), 43% deles têm entre 40 e 59 anos.

Além disso, a maior incidência está entre o público de 40 e 49 anos, que representa 22% do total de casos confirmados no município. Entre os pacientes confirmados em Guarapuava, 58% são mulheres. Após 100 dias desde a confirmação do primeiro caso na cidade, a Saúde divulgou que 82 pacientes já se recuperaram na cidade. Atualmente, são 245 confirmados.

NO ESTADO

O último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Paraná, aponta que o Estado tem 32.411 casos de covid-19 confirmados. Além disso, o Paraná já contabilizou 806 mortes em decorrência da doença, sendo duas em Guarapuava.

Além disso, a taxa de pacientes que testaram positivo mas estão curados da doença chega a 23,7% no Estado. O que representa 7.669 pessoas que se recuperaram. Desse modo, 794 pacientes continuam internados em enfermarias e UTI`s. Das 399 cidades paranaenses, 372 têm ao menos um caso confirmado de covid-19. Em 158 municípios há óbitos pela doença.

Ainda de acordo com os dados da Sesa, a 5ª Regional de Saúde, que tem sede em Guarapuava, mantém o índice de incidência da doença abaixo dos níveis da média estadual, e atualmente tem bandeira verde, ou seja, está em estado de alerta. Além disso, o índice de mortalidade da regional é a menor do Estado.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SEM SAIR DE CASA

Digitalização do atendimento público evita milhões de deslocamentos

SIMPLES NACIONAL

Empresas inadimplentes não serão excluídas do Simples em 2020

COVID-19

Universidades federais conduzem 1.260 pesquisas sobre covid-19

Comentários