Agressores de árbitros são excluídos das competições da Liga em Guarapuava

Coordenador do Tancredão suspende jogos em andamento como repúdio à violência

Cena da violência em campo (Foto: Alencar Souza)

Medidas drásticas estão sendo anunciadas pela Liga de Futebol Amador de Guarapuava e pela coordenação da Arena Tancredão, em Guarapuava, contra Jorge Gilmar Gula e Ricardo Obal Pachola, responsáveis pelas agressões contra os árbitros da partida contra o Arsenal e a equipe do Colibri.

O jogo, válido pelas oitavas de final do Campeonato Tancredão, foi no domingo (20). De acordo com a nota assinada pelo presidente da Liga, Dirceu Pato, os agressores estão impedidos de entrar em qualquer partida do futebol amador da Liga.

(Imagem: Reprodução)

Já o coordenador dos campeonatos da Arena Tancredão, no Núcleo Tancredo Neves, Acir da Silva, suspendeu temporariamente os jogos em andamento. A iniciativa é um ato de repúdio à violência que se presenciou durante o jogo.

“Espero, todavia, que todo lazer proporcionado há décadas por meus eventos possam em breve retornar, pois é um serviço de grande relevância para o esporte e entretenimento locais. A comunidade futebolística pede paz no esporte”.

(Imagem: Reprodução)

Segundo Acir, as vítimas registraram boletim de ocorrência, fizeram exame de corpo delito e deverão entrar com ações contra os agressores.

Relacionadas

FUTEBOL DE SALÃO

CAD dispensa elenco após eliminação na Série Prata do Paranaense

PRAZO FINAL

Grupo gestor do CAD emite carta oficial sobre polêmica envolvendo FPFS

FUTURO INCERTO

CAD empata em 3 a 3 contra Apaf em jogo polêmico em Paranaguá

Comentários