Atendente de Casa Lar é agredida por adolescente em Guarapuava

De acordo com relato policial, a atendente sofreu escoriações pelo corpo e teve um chumaço de cabelo arrancado pela adolescente de 16 anos

Atendente de Casa Lar é agredida por adolescente em Guarapuava (Foto: Reprodução/Pixabay)

Uma adolescente de 16 anos agrediu nessa segunda (12), uma atendente social da Casa Lar em Guarapuava. Conforme a PM, a ocorrência de lesão corporal e desobediência ocorreu por volta de 12h35. A equipe se deslocou até a rua Reseda, no bairro Batel, onde a atendente social de 31 anos relatou que após uma discussão com uma acolhida, a adolescente a agrediu.

De acordo com o relato policial, as agressões resultaram em pequenas escoriações pelo corpo da atendente social. Além disso, a vítima apresentou um chumaço de cabelo arrancado pela adolescente. Uma testemunha de 39 anos confirmou a agressão. Durante o contato com a vítima e testemunhas, a adolescente apareceu no mesmo ambiente. Ela gritava e tentava impedir o relato da agressão.

Conforme a PM, a equipe policial tentou por várias vezes orientar a adolescente que parasse. Mas a jovem não atendeu o pedido policial e inclusive passou a confrontar os policiais dizendo: “Vocês não podem encostar um dedo em mim. Quero ver vocês me obrigarem a sair daqui. Vocês são opressores que oprimem quem é preto e tem tatuagem”.

A adolescente chegou a investir contra a equipe. Os policiais precisaram usar de força para conter a jovem agressiva. Por fim, a polícia encaminhou as partes com a testemunha para a 14ª SDP. A diretora das unidades de acolhimento no município, acompanhou a adolescente como responsável legal.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVO BOLETIM

Guarapuava confirma 16 novos casos de covid-19 em 24h

INSTABILIDADE

Fim de semana deve ser de tempo instável em Guarapuava

DIA DE FOLGA

Dia do Servidor Público terá ponto facultativo em Guarapuava

Comentários