Bituruna comemora 65 anos de emancipação política nesta segunda

Prefeito Claudinei Castilho fez postagem em redes sociais e no site do município. Ele entrega o cargo ao prefeito eleito, Rodrigo Rossoni

Bituruna comemora 65 anos de emancipação política nesta segunda (Foto: Ascom/Prefeitura de Bituruna)

O primeiro ato do prefeito Claudinei Castilho, nesta segunda (14), é a postagem que fez em redes sociais. De acordo com o texto, Bituruna completa hoje 65 anos de emancipação política. “Manifesto aqui primeiramente o orgulho que sinto em ser biturunense, e a gratidão em estar prefeito da nossa cidade nos últimos seis anos. É onde contribuo com o meu trabalho para o desenvolvimento da nossa cidade”.

De acordo com dados histórico, no século XVII, o sargento-mor Farias, em expedição pela Região Centro-Sul do Estado, notificou sua passagem pelo morro de “Bituruna”. Conforme a descrição, o lugar fica próximo à Região dos campos de Palmas. Entretanto, depois das primeiras expedições a Região ficou esquecida até o início do século XIX.

Entretanto, por volta de 1814, uma expedição rumo ao Rio Grande do Sul, comandada por Atanagildo Pinto Martins e guiada pelo cacique Jon Jong, atravessou os campos dos “Ibiturunas”. Trava-se de uma Região habitada por este grupo indígena e que corresponde à Região dos Campos de Palmas.

“A travessia pela Região expunha os expedicionários aos combates com os indígenas. Em 1816 a missão retornara, porém o cacique Jon Jong, e mais seis companheiros desapareciam para sempre, vítimas de emboscada dos temidos Ibiturunas”, escreveu Nivaldo Krüger no livro ‘Palmas, Paisagens e História’.

ORIGEM TUPI

Assim, estavam oficialmente descobertos os campos dos ‘Ibituruna’, que mais tarde foram denominados Campos de Palmas. Era uma homenagem ao Conde de Palma, então governador de São Paulo. A fazenda Santa Bárbara que deu origem ao município de Bituruna, pertencia a essa Região. Assim, Bituruna significa ‘Serra Negra’.

“Sinto imensurável orgulho da nossa cidade, da sua história, cultura e tradições, de suas belezas naturais, e, principalmente do nosso povo, que contribuem diariamente com a força do seu trabalho para transformar a nossa cidade em um lugar cada vez melhor para se viver”, disse Claudinei.

Assim sendo, esta é a última mensagem como prefeito de Bituruna, após seis anos de gestão. Claudinei será substituído pelo prefeito eleito Rodrigo Rossoni, que assume em 1° de janeiro de 2021.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

MILITARIZAÇÃO

Deputados aprovam alterações no programa Colégios Cívico-Militares

LUTO

Morre o ex-deputado Algaci Tulio, mais uma vítima da covid-19

PROTAGONISMO REGIONAL

Na Amocentro Celso Góes sugere PPP para duplicar a PR-466

Comentários