Cadeirante faz juramento à bandeira, em Guarapuava

Gabriel também pratica jiu-jitsu, capoeira, e joga basquete sobre rodas

Gabriel e autoridades civis e militares (Foto: acervo pessoal)

Nem mesmo a deficiência física, que o faz ter mobilidade numa cadeira de rodas, impediu o  jovem Gabriel Henrique Toledo Correa, de  18 anos, de jurar à bandeira. A solenidade aconteceu na terça (8), no Ginásio Municipal de Esportes Prefeito Joaquim Prestes, o Joaquinzão. Gabriel não pode  servir ao Exército Brasileiro e faz parte dos recrutas que entram na reserva.”Conversei na Junta Militar e já que o meu Gabriel não pode servir à Pátria pelo menos jurou à bandeira, num ato muito especial pra ele”, disse a mãe Daniela Toledo.

Gabriel lutando jiu-jitsu (Foto: acervo pessoal)

“Estou muito feliz por ter participado dessa solenidade de juramento e sei que não posso servir o exército, mas me sinto realizado por ter participado junto com outros jovens desse ato de cidadania. Sem dúvida, foi um dia muito importante pra mim”, disse Gabriel ao Portal RSN.

Gabriel em treino de basquete (Foto: acervo pessoal)

Gabriel nasceu com uma má formação chamada de mielomeningoncele que o impede de caminhar. Entretanto, não é essa deficiência que o exclui de atividades esportivas como jogar capoeira, basquete sobre rodas e fazer aulas de jiu-jitsu. Gabriel também cursa o primeiro de educação física numa das faculdades privadas da cidade, sob o sistema semipresencial. “Meu filho é bem independente e eu me sinto uma mãe realizada, pois ele é o maior presente que Deus me deu”, disse Daniela.

Gabriel andando de triciclo (Foto: acervo pessoal)

 

 

 

Relacionadas

TIRA-DÚVIDAS

TSE lança aplicativo para tirar dúvidas no WhatsApp nas eleições 2020

ELAS SÃO MAIORIA

Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos a votar nestas eleições

INSCRIÇÕES ABERTAS

Aberto o credenciamento para atuação na área esportiva no Litoral do PR

Comentários