Casal é preso após desacato e embriaguez ao volante em Guarapuava

O homem de 26 anos dirigia embriagado pelas ruas do bairro Boqueirão. A mulher resistiu à abordagem e deu socos e chutes nos policiais

Casal foi levado para a 14ª SDP (Foto: Arquivo/RSN)

Um homem e uma mulher foram presos no fim da noite dessa quinta (20) no bairro Boqueirão em Guarapuava. Visivelmente embriagados, eles transitavam perigosamente pelas ruas do bairro e investiram contra os policiais. De acordo com a PM, uma equipe da Rotam fazia patrulhamento pelo bairro quando avistou um VW Logus trafegando em zigue-zague. Foi dada voz de abordagem com sinais sonoros e luminosos, mas a ordem não foi acatada.

Assim, o motorista parou o carro dentro da garagem de uma casa e duas pessoas desceram. Um homem de 26 anos que dirigia o carro e a passageira de 23 anos. Ambos estavam visivelmente embriagados. De acordo com o relato da polícia, falavam enrolado, não tinham equilíbrio, estavam com os olhos vermelhos e exaltados.

A PM deu então a voz de abordagem e o rapaz acatou a determinação colocando as mãos na cabeça. Entretanto, a jovem enfrentou os policiais e apontou o dedo no rosto de um dos tenentes. Ela recebeu voz de prisão e continuou resistindo e deu socos e chutes nos policiais. Ela precisou ser imobilizada.

Enquanto os policiais continham a jovem, o homem correu em direção à casa e desobedeceu a ordem de parada dos policiais. Ele também deu socos e chutes nos policiais e, assim, também precisou ser contido. O resultado do bafômetro para o motorista acusou 0,63 mg/l. Os dois foram presos e levados para a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA

Outros 25 casos de covid-19 entram para a estatística em Guarapuava

AFOGAMENTO

Bombeiro suspende buscas no Parque do Lago em Guarapuava

Em nota, Câmara desmente PL para 'fechar' o voto na eleição da Mesa

Comentários