22/08/2023
Brasil Cotidiano Cultura e Entretenimento

Correios iniciam campanha de Natal para presentear crianças

"Papai Noel dos Correios" é uma iniciativa que recebe milhares de cartinhas nas agências. A campanha ocorrerá até o dia 15 de dezembro

Fantástica Fábrica do Papai Noel vai estar presente em bairros e distritos de Guarapuava(Imagem: Reprodução/Freepik)

Os Correios iniciaram a campanha de Natal que presenteia crianças que estão em situação de vulnerabilidade social. “Papai Noel dos Correios” é uma iniciativa que recebe milhares de cartinhas nas agências. A campanha ocorrerá até o dia 15 de dezembro.

De acordo com as informações, alunos matriculados nas escolas públicas até o quinto ano e crianças em vulnerabilidade social com até 10 anos, podem participar da ação. Elas podem receber, por meio de doação, os presentes de natal que escolherem. Além disso, para pessoas com deficiência, não há limite de pedidos e idade para participar.

Podem adotar as cartinhas pessoas físicas, empresas ou até mesmo órgãos públicos. Para isso, basta acessar o blog da campanha, clicar em “Adoção Online”, escolher até 50 cartas e informar os dados pessoais. Porém, também é possível retirar a cartinha em uma agência física.

Os trabalhadores e a logística dos Correios vão fazer as entregas dos presentes para as crianças em todo o país. Já a entrega dos presentes nas agências ocorrerá no dia 22 de dezembro. Por fim, cada presente deve ter a identificação com as informações das cartinhas.

(*Com informações do Portal G1)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Anelize Marques

Jornalista

Jornalista formada Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) desde junho de 2023. Com 22 anos, tem experiência em Assessoria de Comunicação, Webjornalismo e conteúdos digitais, e Revista. Escreve sobre temas diversos e atua como repórter no Portal RSN desde maio de 2023.

Relacionadas


Warning: Undefined array key 0 in /home/redesuld/public_html/wp/wp-includes/class-wp-query.php on line 3738

A missão da RSN é produzir informações e análises jornalísticas com credibilidade, transparência, qualidade e rapidez, seguindo princípios editoriais de independência, senso crítico, pluralismo e apartidarismo. Além disso, busca contribuir para fortalecer a democracia e conscientizar a cidadania.