Dia Municipal da Consciência Negra não é mais feriado em Guarapuava

Da Redação

Guarapuava – O dia 20 de novembro, definido como o Dia da Consciência Negra em Guarapuava, não é mais feriado municipal. O próprio autor da Lei que instituiu a data comemorativa no município, João do Napoleão, apresentou uma emenda ao projeto transformando o feriado em ponto facultativo. A emenda foi aprovada esta semana, em duas votações, pelos vereadores guarapuavanos.

Em sua justificativa, Napoleão disse que seguiu uma orientação da Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig), que considera o feriado, que ocorre num período próximo ao Natal, como prejuízo aos empresários guarapuavanos. Além disso, Napoleão alegou que a maioria dos empresários de Guarapuava não aplicava o feriado.

O Dia Municipal da Consciência Negra foi instituído em 2009, através de um projeto do próprio João do Napoleão. A lei foi promulgada no dia 09 de março de 2009, pelo então presidente Admir Strechar. Embora tenha sido aprovado na época pela unanimidade dos vereadores, o projeto foi vetado pelo ex-prefeito Fernando Ribas Carli (PP). A Câmara derrubou o veto.

Relacionadas

DESAFIOS

Desafios do EaD: como está sendo a adaptação do ensino a distância

MUITO AMOR

Mãe de quíntuplos se sente completa com a maternidade

DIA DAS MÃES

Ela já sentiu as dores e amores de ser mãe. Um relato pessoal de Miriam

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com