Dunga é reincidente

Guarapuava – Leandro Oliveira dos Santos, conhecido como “Dunga”, autor dos disparos que matou o jovem Maicon Henrique Amaral e feriu outras 5 pessoas na madrugada de segunda-feira, em frente a Praça Cleve, confessou logo após ser capturado pela polícia não ter a intenção de matar Maicon e que nem o conhecia. Segundo Leandro, ele só disparou contra o grupo de jovens, porque estes começaram a jogar garrafas quando ele e Ronaldo Balbino Cordeiro de 26 anos, condutor da moto, passavam em frente ao bar. Leandro já respondia por tentativa de assassinato, mas estava em liberdade.
Leandro negou qualquer envolvimento com o outro crime ocorrido na manhã do dia seguinte, quando outro homem foi preso, acusado de matar esfaqueado um jovem de 17 anos que ia para o velório de Maicon. Leandro e Ronaldo responderão por homicídio consumado e tentativa de homicídio e estão na carceragem da 14ª Subdivisão Policial (SDP).

Relacionadas

DESENTENDIMENTO

Homem morre após briga generalizada em bar

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem agride esposa com socos no bairro São Cristóvão

VIOLÊNCIA

Homem de 24 anos morre com tiro na cabeça em Guarapuava

Comentários