Estudante guardava armas e dizia planejar massacre em colégio no PR

Suposto ataque em colégio de Fazenda Rio Grande era combinado em grupo do WhatsApp

(Foto: Ascom/Polícia Militar/Guarda Municipal)

Um aluno de 14 anos do Colégio Estadual Desembargador Cunha Pereira, que fica em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, foi apreendido na tarde dessa segunda feira (25), suspeito de planejar um massacre na escola.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM foi chamada pelo diretor da escola depois de tomar conhecimento que um aluno ameaçava fazer um massacre e estava combinando tudo por WhatsApp. No local, encontrava-se também a patrulha da Guarda Municipal.

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Segundo o diretor, estaria circulando em um grupo de whatsApp, imagens do aluno (D. A. F. S) em posse de uma arma de fogo, e que o mesmo teria ameaçado de morte os estudantes do colégio. Abordado, o aluno disse que o pai era ex-militar das forças armadas e que a arma estaria em sua casa.

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Com a chegada do pai na escola, o adolescente mudou a versão diversas vezes, até que em determinado momento, o próprio pai tentou induzir o filho a uma versão em que a arma seria de um amigo do filho, morador da Região de Tatuquara, mas não sabia nem o nome, nem o endereço.

O diretor da escola apresentou as imagens que o estudante havia compartilhado em rede social com as referidas ameaças de massacre. Diante das controvérsias entre pai e filho e das imagens apresentadas, inclusive uma selfie do aluno com arma, os policiais militares e viaturas da guarda municipal foram até a casa do estudante.

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na rua Faxinal, bairro Iguaçu em Fazendo Rio Grande, foram feitas buscas na residência e dentro do guarda-roupas foram encontrados dois rádios HT, equipamentos táticos, armas de airsoft, capa de colete e boinas da Polícia Militar do Paraná, algema, binóculo, máscara, 16 munições intactas calibre 38 e um coldre para arma calibre 38.

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Embaixo de um travesseiro, a polícia encontrou um revólver Taurus calibre 38. A guarda municipal também apreendeu outras duas armas de airsoft, R$ 1.800 em dinheiro entre outros equipamentos táticos, uma munição calibre 50, uma munição calibre 7.62 e uma munição calibre 45 no quarto do estudante.

O pai do adolescente foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Relacionadas

ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

UniGuairacá lança app que ajuda quem precisa escolher uma profissão

UNINDO TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO

Tecnologia garante educação de presos durante a pandemia

VAGAS NA UNICENTRO

EaD da Unicentro seleciona professores formadores para curso de Pedagogia

Comentários