Filho de 18 anos ameaça de morte a mãe de 50 anos em Guarapuava

Em outras três ocorrências, mulheres sofreram ameaça e agressão por parte de companheiros e de ex-maridos, que após os crimes foram presos

Filho de 18 anos ameaça de morte a mãe de 50 anos em Guarapuava (Foto: Reprodução)

As últimas horas foram marcadas por quatro ocorrências de lesão corporal e violência doméstica em Guarapuava. Em uma delas, o filho ameaçou de morte a própria mãe. De acordo com a PM, nesse sábado (21), por volta das 21h30, uma mulher de 50 anos disse que chegou do trabalho em casa, no bairro Morro Alto e que o filho de 18 anos a ameaçou de morte.

Conforme a mulher, o filho a xingou de vagabunda e disse que de hoje ela não passava. A vítima relatou ainda que o filho é usuário de entorpecentes e que por várias vezes a ameaçou de morte. O agressor estava na casa vizinha. Diante do interesse na representação, a PM encaminhou mãe e filho para a 14ª SDP.

JARDIM DAS AMÉRICAS

Também na noite desse sábado (21), mas um pouco antes, por volta das 20h38, a PM atendeu a segunda ocorrência de violência doméstica. Uma mulher de 25 anos disse aos policiais que possui medida protetiva contra o ex-marido de 23 anos.

Porém, conforme a vítima, nesse sábado o ex-marido se dirigiu até a casa dela no Jardim das Américas, onde os dois tiveram uma discussão. De acordo com relato da mulher aos policiais, o homem a empurrou, causando ferimentos na perna e no braço esquerdo da ex-mulher.

Em seguida, ele ainda deu um soco no rosto da ex-mulher e fugiu para a casa da mãe dele. Porém, no local, familiares fizeram a detenção do agressor até a chegada da equipe policial. Por fim, os policiais prenderam o agressor e o encaminharam à 14ª SDP.

DISTRITO DO GUARÁ

Também nesse sábado (21), os policiais militares se deslocaram até a Localidade  Rio das Pedras no Distrito do Guará, para atender uma ocorrência de violência doméstica. No local, uma mulher de 55 anos relatou que o marido de 39 anos deu um soco na boca dela após uma discussão.

O golpe resultou em um ferimento na parte interna da boca. De acordo com a vítima, o agressor estaria na casa da mãe. No local indicado, a polícia encontrou o agressor com visíveis sinais de embriaguez. Por fim, a PM prendeu o homem e o encaminhou para a 14ª SDP para os procedimentos cabíveis.

CONRADINHO

E já na madrugada deste domingo (22), a PM atendeu a quarta ocorrência de violência doméstica. Por volta de 1h39min a equipe se deslocou até uma casa no bairro Conradinho. No local, uma mulher de 37 anos informou que o marido de 36 anos rompeu a tornozeleira de monitoramento eletrônico.

Além disso, conforme relato da mulher aos policiais, ele estava com uma faca, ameaçando os filhos e ela também. Ao ver os policiais, o agressor correu para os fundos da residência e fugiu, pulando o muro de duas casas vizinhas.

Entretanto, a equipe o encontrou escondido em um canil. Os policiais não localizaram a faca com ele. Nas proximidades da residência, a PM achou a tornozeleira eletrônica e um carregador, ambos danificados. Devido ao interesse da mulher em representar contra o marido, a polícia prendeu o homem e o conduziu com os equipamentos danificados até a 14ª SDP.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA

Outros 25 casos de covid-19 entram para a estatística em Guarapuava

AFOGAMENTO

Bombeiro suspende buscas no Parque do Lago em Guarapuava

Em nota, Câmara desmente PL para 'fechar' o voto na eleição da Mesa

Comentários