Governo federal vai fortalecer intervenção no mercado de feijão em abril

Curitiba – O delegado federal do Desenvolvimento Agrário no Paraná, Reni Antônio Denardi (foto), informa que o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) devem liberar recursos no mês de abril para fortalecer a intervenção do governo no mercado de feijão e, com isso, provocar um ajuste nos preços pagos ao produtor.
Hoje, pela modalidade de Aquisição do Governo Federal (AGF), a Conab paga o preço mínimo tabelado de R$ 80,00 a saca de 60 quilos, mas a cotação no mercado paranaense gira em torno de R$ 63,84 o feijão carioca e R$ 66,07 o preto, bem abaixo do valor praticado nas vendas ao governo.
A expectativa é de que com os recursos do MDS e do MDA, o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da agricultura familiar compre e financie a estocagem do produto pelo preço de garantia de R$ 87,00 a saca de 60 quilos.

Relacionadas

INFRAESTRUTURA

Transporte de grãos por ferrovia cresce 128% do Oeste para Paranaguá

RIQUEZA DO CAMPO

Exportação de grãos deve crescer 8,5% no Porto de Paranaguá

ALTA TECNOLOGIA

Região de Guarapuava é a maior produtora de cevada do Paraná

Comentários